Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Zome Braga promoveu ‘Dream Days’ com carteira de imóveis a preços especiais
ABVP Travel Fest novamente em Guimarães a 11 e 12 de Maio

Zome Braga promoveu ‘Dream Days’ com carteira de imóveis a preços especiais

“25 de Abril em Jazz” é um “grito à liberdade com música”

Zome Braga promoveu ‘Dream Days’ com carteira de imóveis a preços especiais

Economia

2024-03-03 às 10h14

Patrocinado Patrocinado

Imobiliária bracarense apresentou, durante dois dias, 57 imóveis com redução especial de preços. A iniciativa poderá ser repetida no final do ano, que deverá ser de estabilização do mercado.

Citação

A ‘Zome Braga’ promoveu na primeira edição de ‘Dream Days’ quase seis dezenas de imóveis, a esmagadora dos quais habitações, com uma redução de média de preços entre os 5% e os 10% por cento. A iniciativa da imobiliária bracarense colocou no mercado, sexta-feira e sábado passados, “uma vasta oferta” de imóveis com cotações entre os 100 mil e o milhão de euros.
Paulo Simões, director-geral da ‘Zome Braga’, especificou que a redução dos ‘Dream Days’ oscilaram entre um mínimo de 3% e um máximo de 25%, adiantando que os imóveis em promoção representaram cerca de 10% da carteira de imóveis do escritório desta rede imobiliária de referência internacional.

Nos dois dias, o escritório da ‘Zome Braga’ esteve de portas abertas com maior disponibilidades dos promotores imobiliários para apresentarem uma carteira de 57 imóveis a preços especiais.
Os interessados puderam também aceder às ofertas através da plataforma digital da ‘Zome Braga’.
Paulo Simões admite a repetição dos ‘Dream Days’ no final do corrente ano, atendendo ao sucesso desta primeira edição, durante a qual se registou um incremento superior a 20% das interacções com o ‘site’ da imobiliária.
Os ‘Dream Days’ surgiram num momento de estabilização de preços no mercado imobiliário, situação que, segundo o director-geral da ‘Zome Braga’, se deverá manter nos próximos tempos.

Este profissional do sector regista um incremento significativo das transacções de imóveis de mais baixo valor, entre os 100 e os 200 mil euros, em resultado da decisão do Banco de Portugal de alívio do teste de esforço exigido pelos bancos na concessão de crédito a habitação de 3% para 1,5%, o que abriu o acesso à compra a um maior número de compradores.
Com o grosso da sua carteira de imóveis no concelho de Braga, a ‘Zome Braga’ conta com uma equipa de mais de uma centena de promotores imobiliários.
Paulo Simões antecipa que a escassez de habitação vai manter-se, por falta de novas construções em número suficiente, mas também pela persistência de um número significativo de imóveis devolutos.
“Há muita habitação desocupada”, atesta o director-geral da ‘Zome Braga’, considerando que este fenómeno deveria merecer mais atenção nas políticas públicas

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho