Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Voluntários melhoram Centro Escolar da Naia
PRR: Bruxelas desbloqueia 714 ME após Portugal concretizar reformas pendentes

Voluntários melhoram Centro Escolar da Naia

Braga investe mais de 3,8 ME em refeições e actividades escolares

Voluntários melhoram Centro Escolar da Naia

As Nossas Escolas

2024-05-26 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Associação de Pais mobilizou ontem os encarregados de educação para realizar melhorias nas instalações do Centro Escolar da Naia. Comunidade escolar contou com apoio de mecenas esta empreitada.

Citação

Três dezenas de encarregados de educação do Centro Escolar da Naia, em Ferreiros, cumpriram ontem uma jornada de voluntariado, realizando diversos trabalhos de melhoria do estabelecimento de ensino. A pintura do espaço de recreio coberto, o envernizamento de portas e rodapés e pintura de móveis antigos, o arranjo dos espaços ajardinados e a colocação do ‘banco dos amigos’ foram desafios lançados pela associação de pais, que estes concretizaram, um ano após terem oferecido a pintura de todo os espaços interiores do Centro Escolar frequentado por 148 alunos.
Daniel Araújo, pai de uma aluna que este ano lectivo deixa o Centro Escolar da Naia, confessou ao Correio do Minho, entre duas pinceladas de verniz, que o que o levou a aderir ao dia de voluntariado foi desejo de “deixar o meu contributo para os próximos”, relevando também a necessidade de concluir o trabalho de beneficiação das instalações escolares iniciado o ano passado.

Ao seu lado, António Vilaça, avô de outra aluna, adiantou-nos que, “se não for a comunidade a ajudar”, as carências do Centro Escolar serão mais difíceis de concretizar. Não sendo pintor, envernizou portas, porque “quando temos força de vontade, fazemos qualquer coisa”.
Catarina Silva, com a filha a frequentar o 2.º ano de escolaridade no Centro Escolar da Naia, gastou também parte do seu sábado para trabalhos de jardinagem, motivada “pelo ambiente fantástico” que se vive neste estabelecimento de ensino, destac ando que “o relacionamento ao longo do ano entre os encarregados de educação facilita a adesão a estas iniciativas”.

Alice Sousa, mãe de uma aluna do ensino articulado da música, referiu que a filha “gosta muito de ver a mãe na associação de pais e a contribuir para ajudar a escola”.
A coordenadora do Centro Escolar da Naia, Patrícia Silva, antecipou-nos que a maioria dos alunos do Jardim de Infância do do 1.º Ciclo vão ser surpreendidos, esta segunda-feira, “com uma escola mais bonita”, resultado do trabalho voluntário dos seus encarregados de educação.

A docente destaca “o dinamismo” da associação de pais, sempre “muito presente” na vida do Centro Escolar da Naia, um estabelecimento de ensino com uma procura crescente, por força do crescimento da população residentes no seu entorno, mas também pelo aumento da resposta do ensino articulado da música, oferta educativa que, no próximo ano lectivo, passa a funcionar com quatro turmas, mais uma do que actualmente, cobrindo todos os anos do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Segundo Patrícia Silva, o ensino articulado da música, em parceria com o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, tem contribuído para uma “melhoria da imagem do Centro Escolar da Naia”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho