Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Vítor Oliveira: “tranquilos, mas conscientes daquilo que temos que fazer”
Município de Arcos de Valdevez investe meio milhão na rede de água

Vítor Oliveira: “tranquilos, mas conscientes daquilo que temos que fazer”

Ponte de Lima aprova empreitada de alargamento da atual rede de esgotos em freguesias

Vítor Oliveira: “tranquilos, mas conscientes daquilo que temos que fazer”

Desporto

2020-07-10 às 06h00

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Vítor Oliveira promete apresentar em campo uma equipa capaz de lutar pelo triunfo em casa do Vitória SC, adversário que considera complicado, mas aponta à conquista de um bom resultado.

“Será um Gil Vicente mais tranquilo, mas consciente das suas capacidades, em crescendo e que quer dar a melhor resposta e fazer um resultado positivo, porque apesar de estar com algum conforto, matematicamente ainda não está resolvido”. O resumo perfeito da antevisão que Vítor Oliveira fez, ontem, da partida desta tarde, às 17 horas, entre Vitória SC e Gil Vicente, da 31.ª jornada da I Liga.

O experiente treinador admitiu que o adversário tem grande qualidade, mas avisou que já se apresentou mais forte nesta edição do campeonato e que foi uma das equipas afectadas pela pandemia. Mesmo assim, há que enfrentar este adversário como qualquer outro, ou seja, com toda a seriedade e com vontade de conquistar um resultado positivo. “Vamos encarar este jogo com optimismo, mas sabemos as dificuldades que vamos encontrar. O Guimarães é sem dúvida uma das boas equipas deste campeonato. Também foi afectada pela pandemia, estava num bom momento de forma quando aconteceu. Tem muita qualidade. É um adversário difícil na sua casa”, afirmou o técnico, lembrando ainda que os barcelenses têm que continuar a somar pontos para garantirem de forma definitiva a manutenção.

Vítor Oliveira abordou ainda o facto de não poder contar, para este dérbi minhoto no Estádio D. Afonso Henriques, com o avançado brasileiro Sandro Lima - melhor marcador dos gilistas nesta edição do campeonato - que viu o quinto cartão amarelo na última partida e, como tal, terá que cumprir um jogo de castigo. O técnico lembrou que, apesar do plantel estar um pouco limitado, tem soluções para colmatar essa ausência: “vamos levar apenas 18 jogadores para banco, é verdade que estamos algo limitados. Mas sabemos que o Hugo [Vieira] vai dar a resposta que precisamos. É um jogador com qualidade, com experiência, que tem trabalhado muito bem e que dá garantias”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho