Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Vinte minutos de luxo num teste com duas caras distintas
Município avança com criação do Provedor do Animal

Vinte minutos de luxo num teste com duas caras distintas

Bilhete Único promove património religioso

Vinte minutos de luxo num teste com duas caras distintas

Desporto

2021-07-22 às 06h00

Fábio Moreira Fábio Moreira

O SC Braga continua os seus trabalhos de preparação para a nova temporada. Pupilos de Carlos Carvalhal empataram a um golo com os franceses do Marselha. Abel Ruiz e Payet apontaram os tentos do jogo. Segue-se o FC Paços de Ferreira no sábado.

Os Guerreiros do Minho empataram em casa com os franceses do Marselha a uma bola. Abel Ruiz apontou o primeiro tento da partida, mas Payet igualou o resultado no início do segundo tempo.
Os pupilos de Carlos Carvalhal entraram muito fortes neste penúltimo teste de pré-epoca e dominaram o primeiro tempo sem grandes dificuldades. Galeno, por duas vezes, e Raúl Silva tiveram boas oportunidades para inaugurar o marcador no Estádio Municipal de Braga, mas a pontaria dos dois jogadores não foi a melhor.
Contudo, o SC Braga viria a sorrir ainda no primeiro. Aos 18 minutos, Fransérgio recuperou a bola e isolou Abel Ruiz. Na cara de Mandanda, o avançado espanhol não perdoou e apontou para o fundo das redes.
A partir do golo até ao intervalo, os Guerreiros do Minho abrandaram o ritmo do jogo, sem cederem oportunidades de perigo à turma francesa. O único momento de perigo para os Guerreiros do Minho foi causado entre dois jogadores bracarenses. Numa disputa de bola, Raúl Silva e Sequeira chocaram de cabeça. Sequeira continuou em campo de cabeça ligada. Já o central brasileiro seguiu imediamente para os balneários.
Com muitas mexidas ao intervalo, os Guerreiros do Minho entraram com outra mentalidade na partida. Para azar da turma minhota, foram os franceses a entrarem mais fortes e com mais ritmo de jogo. Essa superioridade de ritmo de jogo carregou os franceses para a frente e Payet, aproveitando um erro defensivo dos bracarenses, restabeleceu a igualdade no marcador aos 52 minutos.
O Marselha ainda poderia ter chegado à vantagem pouco depois do golo de Payet. Bamba, que entrou ao intervalo, obrigou o capitão Tiago Sá a uma grande defesa para manter o empate a uma bola.
O SC Braga viria ainda a sofrer um outro susto. Bamba conseguiu isolar-se nas costas da defesa dos Guerreiros do Minho e, depois de tirar Tiago Sá do caminho, atirou para o fundo das redes. Contudo, o juíz da partida, Fábio Veríssimo, anulou este golo do avançado francês devido a posição irregular.
Terminada esta partida, segue- -se o Paços de Ferreira da I Liga. Este será o último teste dos Guerreiros do Minho antes do confronto da Supertaça com o campeão nacional, Sporting CP.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho