Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Vinhos Verdes apostam numa retoma em força e qualidade
Vítor Oliveira anuncia saída de Barcelos

Vinhos Verdes apostam numa retoma em força e qualidade

Queimas e Queimadas proibidas de 1 de Julho a 30 de Setembro

Vinhos Verdes apostam numa retoma em força e qualidade

Economia

2020-05-24 às 09h00

Rui Miguel Graça Rui Miguel Graça

Comissão foi sentir ao terreno o pulsar dos produtores. A nova campanha promocional serve de rampa de lançamento para um Verão em alta. Até porque os vinhos da última colheita são de grande nível.

Manuel Pinheiro, presidente da Comissão dos Vinhos Verdes, subiu no mapa em direcção à sub-região Monção & Melgaço para sentir a realidade dos produtores, depois da fase de confinamento, abordar as questões dos apoios governamentais e também dar a conhecer a campanha promocional que arrancou nos últimos dias.
Quintas de Melgaço, Quinta das Pereirinhas e Adega de Monção foram os locais visitados e a tónica foi praticamente no mesmo sentido:?quebras devido ao fecho da restauração e das fronteiras e a necessidade de arrancar com um mês de Junho em alta. Apenas houve um incremento nas vendas online, contudo essa é apenas uma peça do puzzle nos canais de venda.
Dos dez milhões de euros destinados para apoio aos produtores de vinhos no país, a região vai conduzir-se no sentido de beneficiar da que diz respeito ao armazenamento, facto que pode até “potenciar” a médio prazo os vinhos da região, dado o facto de terem uma longevidade cada vez mais interessante. “A nossa decisão em contactar directamente com os produtores vai no sentido de dar a conhecer a campanha que arrancou agora nos meios de comunicação social, destacando-se um regresso inclusivamente às televisões. Estamos no momento ideal para o Vinho Verde, já que estamos a entrar no momento predilecto para degustar o vinho da região”, destacou Manuel Pinheiro, presidente da Comissão dos Vinhos Verdes.
Neste périplo, os produtores deram a provar, como habitualmente, algumas dos néctares das suas casas. Destaque para dois trabalhos com madeira: o requintado Quinta das Pereirinhas reserva da família e um vinho de eleição da Adega de Monção, Fernando Moura. Naquela que é uma homenagem a um dos grandes nomes da região.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho