Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Vila Verde vai “amarrar com todas as forças” projecto do Centro de Alto Rendimento
Presidente da Câmara Municipal de Viana recebeu 12 novos bombeiros municipais

Vila Verde vai “amarrar com todas as forças” projecto do Centro de Alto Rendimento

Município de Esposende reabilita ribeiras do litoral

Desporto

2018-09-09 às 06h00

Joana Russo Belo

António Vilela reforça ideia anunciada na apresentação do Campeonato do Mundo de Maratona. Edil diz que processo vai arrancar, esperando o apoio do Governo, através da Secretaria de Estado da Juventude e Desporto.

O anúncio já tinha sido feito na apresentação da prova e volta agora a ser reforçado: Vila Verde vai “amarrar com todas as forças” a intenção de criar um Centro Desportivo de Alto Rendimento para a Canoagem. Presi- dente da autarquia reiterou o desejo de criação do projecto, obra que se assume como uma mais- -valia na oferta desportiva da região.
“Vamos fazer o trabalho de casa e iniciar o processo. Espero que o Governo, através da Secretaria de Estado da Juventude e Desporto, acolha a ideia e nos dê o apoio técnico e financeiro necessário para desenvolver um projecto que elevará a qualidade da oferta na região e no país”, frisou o edil.

Elogiando a “qualidade” das actuais instalações do Clube Náutico de Prado e de toda a zona envolvente, António Vilela lembra ainda as qualidades naturais do espelho de água do Rio Cávado, “que têm sido bem aproveitadas pelo clube e pelo concelho, valorizando e instalando novos equipamentos de recreio e zonas de lazer que são, incontornavelmente, das melhores do país e do mundo”.
Perante as qualidades naturais, o autarca considera que “a instalação de um Centro de Alto Rendimento Desportivo seria a cereja no topo do bolo e uma oportunidade de desenvolver ainda mais a modalidade e de abrir novos desafios económicos e sociais para a vila de Prado e para o concelho”.

Declarações do presidente surgem na véspera do encerramento do Campeonato do Mundo de Maratona, uma prova “marcada pela grande participação do público e pelo entusiasmo de todos os envolvidos”.
António Vilela realçou ainda “a qualidade da organização que vem afirmar, definitivamente, a vila de Prado como uma das principais capitais mundiais da canoagem”. No fim da prova, acrescentou, “Prado e Vila Verde passarão a ser olhados ainda com mais respeito pelo mundo da canoagem”.

Verdadeiro orgulho nacional enche de cor a Praia do Faial

Um colorido símbolo do orgulho nacional. As bandeiras e os cachecóis de Portugal têm enchido de cor o Campeonato do Mundo de Maratona em Canoagem, prova que termina hoje na zona fluvial do Faial, na Vila de Prado. Depois do repto lançado pela organização nos primeiros dias, o pulsar luso não tem faltado nas zonas de apoio aos atletas e nos espaços envolventes.
“A organização, de forma particular, mas sobretudo os atletas portugueses agradecem”, faz questão de reforçar o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Vila Verde, Patrício Araújo.

O dia de ontem - que contemplava as principais provas e a mais esperada em K1 - contou com muita gente e forte apoio à comitiva nacional. A própria ponte filipina de Prado está coberta com uma grande bandeira de apoio e com uma mensagem de ‘boas-vindas’ a todos os que visitam o Faial durante o campeonato.
“Esperamos que a tendência seja para crescer, pois, para além do colorido e do orgulho nacional, os atletas portugueses sentem-se mais motivados e as próprias comitivas estrangeiras notam o envolvimento, alegria e entusiasmo em torno da prova”, destacou ainda o vereador Patrício Araújo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.