Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Vila Verde lança selo que valoriza a inclusão
Palmeira celebrou Senhor da Saúde

Vila Verde lança selo que valoriza a inclusão

Mauricio Moreira conquista 83.ª edição da Volta a Portugal

Vila Verde lança  selo que valoriza  a inclusão

Cávado

2021-12-03 às 06h00

Redacção Redacção

Júlia Fernandes elogia envolvimento de empresas e instituições na construção de concelho mais inclusivo. Presidente da câmara municipal defende a valorização do emprego para pessoas com deficiência.

Citação

Sensibilizar e, sobretudo, “incentivar” empresas e instituições a “fazer mais” pelo acesso a oportunidades de emprego para pessoas com deficiência é o objectivo do selo municipal lançado em Vila Verde, numa cerimónia que juntou empresários, utentes e dirigentes de instituições sociais.
A presidente da Câmara Municipal, Júlia Fernandes, sublinhou o impacto da iniciativa e a “conjugação de esforços para construir uma sociedade melhor, mais solidária e inclusiva”, promovendo “maior igualdade e justiça para todas as cidadãs e todos os cidadãos, independentemente das diferenças que os possam caraterizar”.
“Estamos a trabalhar para que Vila Verde seja um concelho sempre mais inclusivo e justo para todos”, frisou Júlia Fernandes, destacando “a importância e necessidade de incluir as pessoas com deficiência no mercado de trabalho para garantir a sua plena cidadania e independência económica”.
Numa cerimónia em que pessoas com dificuldades ou deficiências testemunharam em vídeo as suas experiências, histórias e expectativas de vida familiar e profissional, a presidente desafiou que “só com a intervenção de todos os parceiros do concelho é possível concretizar esta estratégia de plena inclusão”.
Responsáveis das associações empresarias de Braga, Rui Mares, e do Vale do Homem, José Manuel Lopes, assim como da União Distrital das IPSS, Jorge Pereira, participaram no evento, destacando a crescente sensibilização das empresas para a contratação de pessoas com deficiências.
Uma opção com benefícios directos para as empresas, designadamente ao nível do reconhecimento público e da valorização do ambiente social e de compromisso dos trabalhadores.
Acrescem ainda os incentivos apresentados pelo IEFP para “estágios de inserção” e “emprego apoiado em mercado aberto”, com apoios que podem chegar a 80% e 95%. Nos próximos anos serão afixadas quotas de contratação das empresas para pessoas com deficiência.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho