Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Vila Nova de Famalicão: Reforçado investimento em bolsas de estudo
Arcos de Valdevez em 1º lugar dos destinos mais procurados do Minho no Trivago

Vila Nova de Famalicão: Reforçado investimento em bolsas de estudo

Toy e Calema actuam no palco das festas de Santo António em Vila Verde

Vale do Ave

2019-03-23 às 13h00

Redacção

Câmara de Vila Nova de Famalicão vai atribuir bolsas de estudo a 283 universitários, no valor global de 183 mil euros. A cerimónia da entrega destes apoios sociais está marcada para 28 de Março.

A Câmara de Vila Nova de Famalicão reforçou, este ano, o investimento na atribuição das bolsas de estudo ao ensino superior, passando dos 178 mil euros em 2018 para cerca de 183 mil euros, beneficiando 283 estudantes, mais dez do que no ano passado. Os apoios atribuídos oscilam entre os 1100 euros e os 500 euros.
A proposta para a atribuição deste “apoio fundamental para os jovens e famílias” foi aprovada por unanimidade, na reunião do executivo municipal que se realizou esta quinta-feira.
“Ano após ano estamos disponíveis para perceber se é ou não necessário ir mais longe na atribuição dos apoios”, adiantou o presidente da Câmara, citado num comunicado do município.
Paulo Cunha salientou ainda que “hoje em dia apoiamos mais jovens, porque eles estão melhor informados acerca dos apoios existentes, muito graças ao trabalho desenvolvido pelo município, através da divulgação das iniciativas, que tem levado a informação até todos, o que é óptimo, pois não queremos que ninguém fique de fora dos apoios por falta de informação”.
Por outro lado, segundo o autarca “actualmente, estamos a chegar cada vez mais longe, estamos a apoiar também os novos cursos Técnicos Superiores Profissionais, alargando assim a área de acção dos apoios”.
De resto, Paulo Cunha salienta que “o sucesso educativo dos famalicenses é muito importante para o futuro do concelho, pois a presença de grandes empresas em Famalicão exige mão-de-obra qualificada e a qualificação consegue-se com o aprofundamento dos estudos”. Além disso, “com este apoio a Câmara Municipal dá um sinal de justiça social à comunidade, sendo intérprete da vontade do concelho”.
Desde 2013, o investimento municipal concedido às bolsas de estudo para o ensino superior já aumentou em mais de 50 por cento, sendo que a verba municipal passou de 120 mil euros, em 2013, para cerca de 183 mil euros, em 2019. Também no que diz respeito aos alunos beneficiados se regista um aumento significativo, tendo passado de 145 alunos, em 2013, para 283, em 2019.
A cerimónia de entrega das bolsas de estudo está agenda- da para o próximo dia 28 de Março.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.