Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Vieira do Minho: Lar de idosos funciona a partir de Setembro
Mais de 3000 terrenos já foram registados em Amares através do Bupi

Vieira do Minho: Lar de idosos funciona a partir de Setembro

Alunos Erasmus acolhidos em Ponte de Lima

Vieira do Minho: Lar de idosos funciona a partir de Setembro

Vale do Ave

2015-08-10 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

A Câmara Municpal de Vieira do Minho e a Junta de Freguesia de Salamonde inauguraram ontem o novo Lar de Idosos de Salamonde.

Citação

A Câmara Municpal de Vieira do Minho e a Junta de Freguesia de Salamonde inauguraram ontem o novo Lar de Idosos de Salamonde.

A nova estrutura fica localizada nas imediações da Junta de freguesia e tem capacidade para acolher 19 utentes. O investimento ronda um milhão e 200 mil euros e deve entrar em funcionamento em Setembro.

O novo lar vem colmatar uma necessidade sentida pela população da parte Norte do conce-lho de Vieira do Minho.

“O concelho é bastante envelhecido e desertificado, e temos a questão da distância aos grandes centros urbanos e até mesmo à sede de concelho. Daí que este lar é importante para esta freguesia e para os habitantes de outras freguesias próximas”, afirmou António Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho.

O presidente da Junta de Freguesia de Salamonde, Domin-gos Cerqueira, destacou que o lar, cujo edifício pertence à junta de freguesia, foi financiado pela EDP (Electricidade de Portugal).
“Esta obra foi paga na totalidade pela EDP, como contra-partida do reforço de potência das barragens de Salamonde II e Venda Nova III”, considerou Domingos Cerqueira.
À junta de freguesia cabe, agora, arranjar a parte do mobiliário e garantir o funcionamento do equipamento. Uma tarefa que deverá contar com a ajuda da Segurança Social. “Fazemos um pedido público de ajuda por parte da Segurança Social para que possam ser estabelecidos os tradicionais acordos/protocolos. Este pedido vai no sentido de reconhecer que só com o apoio da Segurança Social será possivel fazer um trabalho verdadeiramente social”, disse o autarca de Salamonde na cerimónia de inauguração.

Rui Barreira, director do Centro Regional de Segurança Social de Braga, frisou que o lar tem todas as condições para receber idosos, mas defendeu que “se não tivermos o amor, o afecto e o carinho e a relação entre as pessoas, esta casa valerá muito pouco”.

A presidente da Associação Sócio-cultural de S. Gens de salamonde (entidade que vai gerir o lar e centro de dia), Maria Antonieta Machado, frisou que a existência de um lar é um sonho já com 10 anos. “Há 10 anos que luto por isto. Concorremos três vezes ao programa PARES, e nunca fomos atendidos porque não tinhamos uma estrutura forte por trás. Agora apareceu a EDP”, salientou Maria Antonieta Machado.

A responsável revelou que a freguesia de Salamonde tem 98 pessoas com idades acima dos 70 anos “e tenho muita gente que gostava de ficar em Salamonde e tem de ser distribuida por diversos locais. Este lar é uma necessidade.”

O centro de dia tem capacidade para acolher 20 utentes. Trinta pessoas usufruem da valência de Apoio Domiciliario.

José Lopes Alves, representante da EDP, mostrou-se satisfeito com uma obra que considerou “digna e bem feita. Gastaram bem o dinheiro”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho