Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Viana: Obras na água e saneamento são “verdadeira revolução”
Mais de três centenas desfilam trajes em cortejo etnográfico pelo centro histórico

Viana: Obras na água e saneamento são “verdadeira revolução”

Candidatura do S. João de Braga a Património Cultural Imaterial “está no bom caminho”

Alto Minho

2019-06-09 às 11h00

Redacção

Investimentos em curso, na ordem dos 10 milhões de euros, nas redes de água e saneamento do concelho de Viana do Castelo são “uma verdadeira revolução” assume o presidente da Câmara.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, assumiu que o concelho está a viver uma “verdadeira revolução” com os investimentos em curso na ampliação das redes de água e saneamento.
Na inauguração de mais uma fase de investimento no saneamento básico e águas residuais na freguesia de Mazarefes, o autarca lembrou que o concelho tem dez milhões de euros de investimento em curso nos sistemas em alta e em baixa.
O edil referiu que o concelho se deve desenvolver de forma harmoniosa, o que justifica o grande investimento que está a ser feito nas redes de água e saneamento, apontando “o salto na qualidade de vida das populações”.
Na freguesia de Mazarefes, o presidente da Câmara e o executivo inaugurou a empreitada que criou 6,4 quilómetros de redes, permitindo que 223 fogos se possam ligar à rede de saneamento, num investimento de 1,068 milhões de euros nas duas fases da obra.
Também o presidente da União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria, Manuel Barreto, indicou que esta foi uma “grande etapa” que veio beneficiar a população.
A obra, promovida pelos Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC), integrou o projecto de rede de drenagem de águas residuais em Castelo do Neiva, Chafé, Deão, Mazarefes, S. Romão do Neiva e Vila Fria, e foi apoiada pelo Fundo de Coesão da União Europeia.
O objectivo da empreitada foi o fecho de sistemas de saneamento de águas residuais, através do fecho de sistemas de SAR, para optimização da capacidade instalada e aumento da adesão ao serviço.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.