Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Vasco Seabra: “Temos que estar no nosso melhor”
Montalegre faz três anos de terra Património Agrícola Mundial

Vasco Seabra: “Temos que estar no nosso melhor”

Município continua a ‘valorizar o património’

Vasco Seabra: “Temos que estar no nosso melhor”

Desporto

2021-03-06 às 08h03

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

Moreirense viaja até à Madeira, para medir forças com o Marítimo, amanhã, em jogo da 22.ª jornada da I Liga. Vasco Seabra admite que tem faltado consistência à equipa ao longo dos 90 minutos nos últimos jogos. Técnico exige concentração máxima.

Vai ter de ser um Moreirense ao melhor nível, de forma a manter a consistência exibicional em casa do Marítimo. Vasco Seabra exige níveis elevados de concentração, para que a equipa vimaranense possa reagir aos últimos resultados - uma derrota e dois empates - e somar pontos na visita à Madeira, nesta 22.ª jornada da I Liga.
“Os jogadores são sujeitos a um trabalho de alta intensidade durante 90 minutos e, por vezes, existem momentos em que não conseguimos manter a concentração. São coisas perfeitamente normais, inclusivamente, as tarefas e comportamentos exigidos obrigam os jogadores a tomarem decisões constantemente e, em alguns momentos, ainda não conseguimos manter a consistência durante os 90 minutos. Sentimos que cada vez estamos mais confiantes e capazes de saber gerir o jogo e manter-nos ligados durante mais tempo”, frisou o técnico, admitindo ter saído do último encontro com o Belenenses SAD com bons indicadores.

“O que fizemos, na primeira parte, são sinais muito positivos do que queremos fazer e temos toda a convicção de que vamos fazê-los perdurar e vamos manter o nosso compromisso, a qualidade e capacidade de jogar para a frente, sempre com vontade de vencer os jogos”, sublinhou.
Em termos estatísticos, o Moreirense só ganhou uma das dez deslocações ao Funchal e do outro lado está um Marítimo sem vitórias há sete jornadas.

“Essencialmente, é uma falsa questão, quando estamos nesse momento a vontade cada vez maior de virá-lo torna o jogo mais complicado. É natural que haja alguma ansiedade, é perfeitamente normal, mas mais do que isso tem com vamos abordar. É uma equipa difícil, que já teve uma fase anterior muito boa. Todas as equipas passam por fases, umas melhores, outras piores, queremos é não permitir que essa fase seja quebrada. No último jogo, o Marítimo já conseguiu inverter e fazer um bom jogo, competitivo. Sabemos que vamos ter um adversário muito difícil, num campo tradicionalmente complicado, por isso, temos que estar no nosso melhor, com níveis de concentração muito altos e com uma vontade de vencer muito grande para sermos altamente competitivos e agressivos”, frisou.

Esta 22.ª jornada marca dois meses da era de Vasco Seabra no comando do Moreirense e, em jeito de balanço, o técnico diz que a equipa “já percebeu aquilo que nós pretendemos”: “agora tem tudo a ver com essa consistência e esse equilíbrio que conseguimos manter durante o jogo. Desde que chegámos, temos trabalhado para que todos os jogadores comecem a estar disponíveis para jogar. É uma parte importante para nós ter esta competitividade interna e conseguirmos ter esta vontade de fazer parte da convocatória e das escolhas”, admitiu.
“Sentimos que já fomos capazes de acrescentar diferentes nuances, tanto na forma como abordamos um ou outro jogo, como na forma como modificamos dentro do próprio jogo, isso leva o seu tempo. Temos jogadores inteligentes, capazes e temos vindo a demonstrar essa consistência que temos vindo a crescer”, rematou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho