Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Valença: Cavalgata ‘real’ até Tui
Católica arranca aulas em sistema ‘misto’ e distribui guia de segurança

Valença: Cavalgata ‘real’ até Tui

Escolas de Vila Verde preparadas “o melhor possível”

Valença: Cavalgata ‘real’ até Tui

Alto Minho

2011-01-04 às 06h00

Costa Guimarães Costa Guimarães

Sete carruagens alegóricas, mais de 200 figurantes e 1500 quilos de caramelos darão vida à maior cavalgata “real” de sempre, entre Valença e Tui, amanhã, naquela que é a única “cavalgata” internacional da Península Ibérica.

As cidades de Valença e Tui promovem a Cavalgata Internacional de Reis, amanhã, com saída dos Bombeiros de Valença, às 16 horas, com sete carruagens alegóricas, mais de 200 figurantes e 1500 quilos de caramelos darão vida à maior cavalgata de sempre.
A Cavalgata de Reis terá, pelo segundo ano consecutivo, carácter internacional com a organização conjunta da Câmara de Valença e do Ayuntamiento de Tui. Esta é a única cavalgata de reis internacional.

A Cavalgata conta com as carruagens dos Reis Magos e dos pajens, a representação dos ofícios tradicionais como os ferreiros, os carpinteiros e os pescadores, totalizando 200 figurantes, em representação de todas as freguesias de Valença e Tui. Os carros dos bombeiros dão cor e som à cavalgata.

Desde o Quartel dos Bombeiros Voluntários de Valença a Cavalgata percorre as avenidas dos Bombeiros e de Espanha, a antiga Ponte Internacional e já em Tui o percurso segue pela Avenida de Portugal, rúa Martínez Padín e Augusto González Besada e Paseo da Corredoira.

Os Reis do Oriente oferecem mais de 1500 quilos de caramelos sem gluten e milhares de balões.
A Cavalgata é escoltada pelas forças policiais portuguesas e espanholas e integra os Bom-beiros Voluntários de Valença, uma ambulância e elementos da Protección Civil de Tui. As notas musicais estão a cargo da Rondalla do Centro Cultural 'O Mosteiro' de Pexegueiro, de Tui.

No final, no Cantón de Diómedes, na Corredoura, onde está instalado o Portal de Belém, será lida uma mensagem, enquanto Melchior, Gaspar e Baltasar fazem oferta ao Menino Jesus de ouro, incenso e mirra. Após a oferta, os mais pequenos podem subir ao palco real e saudar os Reis Magos.

A Cavalgata de Reis tem a partipação das Asociacións Culturais “Seixos Albos” de Areas, “Santa Columba” de Ribadelouro, da Asociación “O Mosteiro” de Pexegueiro, da GNR, do Centro de Cooperação Policial e Aduaneiro, das juntas e associações de Valença.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho