Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Urgência Pediátrica de Braga registou movimento “atípico” no domingo
Só há uma hipótese, que é ganhar!

Urgência Pediátrica de Braga registou movimento “atípico” no domingo

Hyundai apresentou os pilotos que vão fazer brilhar ainda mais as terras de Fafe

Urgência Pediátrica de Braga registou  movimento “atípico” no domingo

Braga

2020-01-28 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Algumas crianças tiveram de esperar várias horas para serem atendidas, o que originou a ‘revolta’ dos pais que terão ameaçado invadir as Urgências Pediátricas do Hospital de Braga. PSP foi ao local.

“Este foi um dia atípico em termos de afluência de doentes emergentes (vermelhos) e muito urgentes (laranjas) ao Serviço de Urgência Pediátrico”. Foi desta forma que o Hospital de Braga justificou, em comunicado, o tempo de espera no atendimento de algumas crianças e jovens naquele serviço, no domingo ao fim do dia. A situação causou o descontentamento de alguns pais.
A administração do Hospital reconheceu que “nestas situações, os tempos de espera para atendimento de casos triados como menos urgentes (verdes/azuis) podem registar um aumento significativo” e que “neste dia (domingo), registou-se um aumento de 77 por cento nestes atendimentos face à média diária do mês Janeiro”.

A mesma unidade de saúde garantiu, contudo, que “desde o início da activação do Plano de Contingência foram implementadas várias medidas, incluindo reforço de recursos humanos” e sublinhou que “diariamente, os profissionais do Hospital de Braga desenvolvem esforços contínuos para prestar uma resposta atempada às solicitações da população”.
No domingo à noite vários pais mostraram o seu descontentamento pela demora no atendimento aos respectivos filhos, causando um ambiente de tensão nos serviços da Urgência Pediátrica do Hospital de Braga.

Algumas das crianças estiveram várias horas à espera de serem vistas por um médico (alguns pais falaram em oito horas de espera) pelo que terão ameaçado invadir as instalações do serviço de Urgência Pediátrica.
A situação levou a que a Polícia de Segurança Pública fosse chamada ao local.
“Relativamente ao momento de tensão por parte de alguns utentes, que ocorreu no Serviço de Urgência Pediátrico, este foi prontamente resolvido pela intervenção da equipa de segurança do Hospital que solicitou o apoio da equipa de Polícia de Segurança Pública, uma prática habitual neste tipo de situações”, refere o comunicado do Hospital de Braga.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.