Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Universidade do Minho com 14 infectados na comunidade académica
Biblioteca de Viana cria aplicação que dá acesso a milhares de jornais e revistas

Universidade do Minho com 14 infectados na comunidade académica

Barcelos celebra o Natal com diversas iniciativas

Universidade do Minho com 14 infectados na comunidade académica

Ensino

2020-10-19 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Universidade do Minho conta 14 casos confirmados de Covid-19 entre a comunidade académica.

São 14 os casos já confirmados de Covid-19 entre a comunidade académica na Universidade do Minho. O número foi avançado pelo reitor, Rui Vieira de Castro, numa nota enviada aos estudantes universitários.
Na nota aos alunos, o reitor confirma a existência de 14 casos de Covid-19 na comunidade académica, registados entre os dias 2 e 16 de Outubro. Segundo o ComUM, jornal on-line universitário que avançou com o número de infectados, o reitor refere que todos os casos confirmados foram reportados à Comissão de Elaboração e Gestão do Plano de Contingência Interno Covid-19.

De acordo com a mesma fonte, o reitor apela “veementemente ao cumprimento, por todos, das medidas de segurança em vigor na universidade”, sobretudo numa altura em que se verifica ao agravamento da situação epidemiológica. Recorde-se que há precisamente uma semana, a UMinho, através da Comissão de Elaboração e Gestão do Plano de Contingência Interno Covid-19, emitiu uma carta aberta a todos os estudantes apelando à adopção de comportamentos responsáveis e ao cumprimento integral das normas impostas pela DGS tanto nos campi universitários como no exterior.

“No momento que vivemos é essencial que todos cumpram as normas e recomendações de protecção contra a Covid-19, em particular fora do contexto lectivo, onde o risco de contágio é superior se não forem adoptadas as medidas de protecção nos contactos sociais”, apela a UMinho, lembrando que “este não pode ser tempo para promover encontros, convívios, jantares, ou outras actividades em grupo, colocando em risco a saúde de todos”. Alerta ainda que “a indução de alunos ou grupos de alunos a participarem nessas actividades, comporta um risco de saúde pública que pode originar surtos com consequências imprevisíveis e eventuais implicações jurídicas”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho