Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
UMinho oferece cerca de 8 000 brinquedos a crianças da região
Profissionais do Turismo visitaram Altice Forum Braga

UMinho oferece cerca de 8 000 brinquedos a crianças da região

Queima do Galheiro de Fradelos é atração turística do Minho

UMinho oferece cerca de 8 000 brinquedos a crianças da região

Ensino

2019-12-13 às 19h19

Redacção Redacção

80 brinquedos eletrónicos foram adaptados para oferecer a crianças com necessidades especiais.

A Campanha de Recolha de Brinquedos “OFERECE e faz uma criança feliz!” que decorreu na Universidade do Minho (UMinho) entre 5 novembro e 5 de dezembro, voltou a bater mais um recorde de brinquedos recolhidos, quebrando a barreira atingida no ano transato e ultrapassando em larga medida. Foram cerca de 8 000 os brinquedos recolhidos (o recorde pertencia ao ano de 2018 com a recolha de 5 038 brinquedos), e que foram hoje, dia 13 de dezembro, entregues a cinco instituições da região do Minho que desenvolvem trabalho junto de crianças carenciadas. Para além destas, também 80 crianças com necessidades especiais receberão, este ano, um brinquedo adaptado a si.
 
A Campanha que vai já na sua 12ª edição tem vindo a ser, gradualmente, alargada a instituições e empresas da região contou, este ano, com múltiplos pontos de recolha por toda a região norte do país. “Neste ano de 2019 foram 17 as instituições parceiras que apoiaram a causa e reforçaram o seu sucesso”, referiu Heliana Silva em representação dos SASUM, agradecendo a todos os que contribuíram e ajudaram na concretização da ação solidária.
 
Levada a cabo pelos Serviços de Acção Social da Universidade do Minho (SASUM), em cooperação com o Núcleo de Robótica do Departamento de Eletrónica Industrial da Universidade do Minho, com o SalusLive - Centro Terapêutico de Braga, e com a Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) esta campanha possibilitou, também, adaptar 80 brinquedos para que possam ser utilizados por crianças com necessidades especiais.
 
Raquel Cunha do SalusLive, mostrou-se muito satisfeita com os resultados, referindo que os brinquedos serão entregues a crianças individuais (famílias) e a duas instituições, uma de Braga, a '”Dar Asas para Voar” sediada em S. Adrião e outra de Guimarães, a APCG - Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães. Segundo Raquel Cunha “as entregas serão feitas no próximo dia 17 na instituição de Guimarães e no dia 20, na festa de Natal da ASAS. As entregas aos particulares serão realizadas na próxima terça-feira, na SalusLive, onde estará presente o responsável do Laboratório de Robótica do Departamento de Eletrónica Industrial da Universidade do Minho, Professor Fernando Ribeiro, bem como alguns dos alunos envolvidos no projeto de adaptação”.
 
A adaptação dos 80 brinquedos só foi possível graças a um vincado espírito solidário de “muitos alunos, de todos os anos do curso Eletrónica Industrial da Universidade do Minho”, sublinhou Raquel Cunha, revelando ainda que a “Concentra” voltou a associar-se à Campanha. “Este ano tivemos uma surpresa com a doação, por parte da Concentra, de 10 brinquedos eletrónicos novos e que serão adaptados e entregues no decorrer da próxima semana”, afirmou.  
 
Em 2019, e mais uma vez, a Campanha teve como objetivos fazer sorrir muitas crianças carenciadas da nossa região bem como crianças com necessidades especiais que, de outra forma, não teriam a alegria de receber um brinquedo nesta quadra tão especial.
Também presente na cerimónia de entrega, Nuno Reis, Presidente da AAUM mostrou-se muito satisfeito com o sucesso da iniciativa, realçando que “numa semana em que a UMinho foi considerada uma das universidades mais sustentáveis do mundo, esta iniciativa vem confirmar e reforçar o porquê desta distinção”.
Para além das instituições acima mencionadas, a Campanha contou ainda com o apoio de várias instituições e empresas da região, nomeadamente da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, da Sociedade Martins Sarmento, da Escola Secundária Sá de Miranda, do Agrupamento de Escolas de Celeirós, da Escola Secundária de Caldas das Taipas, da Escola Secundária Francisco de Holanda, do Agrupamento de Escolas de Montelongo, do Agrupamento de Escolas Santos Simões, do Externato Santa Margarida, do Centro de Estudos das Taipas, da Clínica MIM e das empresa Accueil, Groupe Leader e Contimetra.
 
Este ano as instituições apoiadas foram: a Fraterna - Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social, Guimarães; a Associação Teatro e Construção de Famalicão; a SYnergia; a Cruz Vermelha Portuguesa de Braga; e a Cáritas de Braga.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.