Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes
Guerreiras do Minho voltam a escorregar na corrida pelo título

UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes

João Granja pede explicações sobre vacinação

UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes

Ensino

2021-02-24 às 20h21

Redacção Redacção

“Include HER” desenvolve-se ao longo de dois anos e pretende aumentar a oferta educativa digital para mulheres de origem migrante

A Universidade do Minho (UMinho) é uma das entidades parceiras do “Include HER”, um projeto europeu que pretende melhorar a oferta de educação digital para mulheres com histórico de migração e ajudar a implementar essa abordagem inovadora nas instituições de ensino superior. O projeto, financiado pelo programa Erasmus + da Comissão Europeia, irá ser desenvolvido nos próximos dois anos e tem como objetivo corrigir o desequilíbrio de género no contexto digital promovendo o desenvolvimento de um curso online de acesso aberto para mulheres migrantes e a criação de uma nova rede de cooperação para os parceiros do projeto.

O “Include HER” irá trabalhar diretamente no combate às desigualdades existentes em matérias de género no que concerne à motivação e envolvimento das mulheres migrantes com as tecnologias digitais, promovendo uma capacitação das instituições de ensino superior, ao nível dos seus recursos, com o objetivo de corrigir o desequilíbrio de género na esfera digital, capacitando as mulheres migrantes a atingir níveis mais elevados de competências digitais.

O projeto já organizou um fórum online com mulheres migrantes de 13 países diferentes. As competências digitais, experiência de utilização, assim como os impactos da Covid-19 na situação laboral destas mulheres foram alguns dos temas abordados na sessão que permitiu aos promotores do projeto perspetivar novos impulsos para a conceção das ferramentas e recursos para potenciar a formação das mulheres migrantes. O “Include Her” permitirá ainda que instituições de ensino superior melhorem a oferta educativa para este público por via de ações continuadas e regulares.

Manuel João Costa, pró-reitor da UMinho para os Assuntos Estudantis e Inovação Pedagógica, explicou que o “Include HER” surge “num momento em que a internacionalização é particularmente relevante para o ensino superior e em que o uso de tecnologias digitais é cada vez mais importante para o desenvolvimento de competências para o futuro”. Assim, assegurou o responsável, “o projeto poderá contribuir para o sucesso de estudantes que se sintam mais desafiados pelo uso das tecnologias digitais”.

O projeto, coordenado pela Universidade Johannes Gutenberg de Mainz (Alemanha), envolve, para além da UMinho, outras entidades e instituições como a European Universities Continuing Education Network (Bélgica), a Momentum Marketing Services Limited (Irlanda), a Canice Consulting Limited (Reino Unido) e Melissa Diktyo Metanastrion Stin Ellada (Grécia).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho