Correio do Minho

Braga,

- +
UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes
Candidatura aprovada dá continuidade ao projecto Jovens ao Leme - E8G

UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes

XII Torneio de Jogos Romanos de Tabuleiro: Mais de cinco mil participantes obrigam a apuramentos por municípios

UMinho integra projeto europeu para melhorar competências digitais das mulheres migrantes

Ensino

2021-02-24 às 20h21

Redacção Redacção

“Include HER” desenvolve-se ao longo de dois anos e pretende aumentar a oferta educativa digital para mulheres de origem migrante

A Universidade do Minho (UMinho) é uma das entidades parceiras do “Include HER”, um projeto europeu que pretende melhorar a oferta de educação digital para mulheres com histórico de migração e ajudar a implementar essa abordagem inovadora nas instituições de ensino superior. O projeto, financiado pelo programa Erasmus + da Comissão Europeia, irá ser desenvolvido nos próximos dois anos e tem como objetivo corrigir o desequilíbrio de género no contexto digital promovendo o desenvolvimento de um curso online de acesso aberto para mulheres migrantes e a criação de uma nova rede de cooperação para os parceiros do projeto.

O “Include HER” irá trabalhar diretamente no combate às desigualdades existentes em matérias de género no que concerne à motivação e envolvimento das mulheres migrantes com as tecnologias digitais, promovendo uma capacitação das instituições de ensino superior, ao nível dos seus recursos, com o objetivo de corrigir o desequilíbrio de género na esfera digital, capacitando as mulheres migrantes a atingir níveis mais elevados de competências digitais.

O projeto já organizou um fórum online com mulheres migrantes de 13 países diferentes. As competências digitais, experiência de utilização, assim como os impactos da Covid-19 na situação laboral destas mulheres foram alguns dos temas abordados na sessão que permitiu aos promotores do projeto perspetivar novos impulsos para a conceção das ferramentas e recursos para potenciar a formação das mulheres migrantes. O “Include Her” permitirá ainda que instituições de ensino superior melhorem a oferta educativa para este público por via de ações continuadas e regulares.

Manuel João Costa, pró-reitor da UMinho para os Assuntos Estudantis e Inovação Pedagógica, explicou que o “Include HER” surge “num momento em que a internacionalização é particularmente relevante para o ensino superior e em que o uso de tecnologias digitais é cada vez mais importante para o desenvolvimento de competências para o futuro”. Assim, assegurou o responsável, “o projeto poderá contribuir para o sucesso de estudantes que se sintam mais desafiados pelo uso das tecnologias digitais”.

O projeto, coordenado pela Universidade Johannes Gutenberg de Mainz (Alemanha), envolve, para além da UMinho, outras entidades e instituições como a European Universities Continuing Education Network (Bélgica), a Momentum Marketing Services Limited (Irlanda), a Canice Consulting Limited (Reino Unido) e Melissa Diktyo Metanastrion Stin Ellada (Grécia).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho