Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Um lugar entre os quatro primeiros
Cursos técnicos: IPCA pede colaboração das empresas para contratar docentes

Um lugar entre os quatro primeiros

Pitadas campestres sentidas em Prado e Parada de Gatim

Um lugar entre os quatro primeiros

Desporto

2022-08-08 às 06h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

Olhos postos nos quatro primeiros lugares. Vai ser este o foco da equipa Os Sandinenses para a nova temporada desportiva 2022/23 na Série B da Pró-Nacional da AF Braga.

Citação

Hugo Xavier mantém-se no comando técnico e conta com oito reforços e a espinha dorsal do grupo da época passada, numa lógica de continuidade, que dá, desde logo, uma vantagem.
“Na época passada, o Sandinenses tinha meia época de PróNacional, era um clube que ainda se estava a estabilizar, felizmente conseguimos o objectivo, foi difícil, mas conseguimos e esta manutenção e continuidade é benéfica para todos, não só para o clube, mas equipa técnica e jogadores. Já estamos um passo à frente”, sublinhou Hugo Xavier, consciente das dificuldades que vão encontrar.
“Espera-se uma época difícil como todas as que têm passado, esta mais ainda, porque são menos equipas, vão descer mais equipas, por isso vai ser um campeonato mais competitivo e difícil. Da nossa parte esperamos ser muito mais competitivos do que fomos no ano passado, reforçámo-nos para isso, mantivemos grande parte do plantel, houve apenas três saídas e oito entradas que vieram acrescentar”, referiu, apontado como meta “lutar pela manutenção”.
“O nosso grande objectivo é a manutenção, sabendo que os quatro primeiros lugares nos garantem automaticamente a manutenção. Vamos encarar isto vitória a vitória, jogo a jogo no sentido de ficarmos nos quatro primeiros lugares”, revelou.
As mudanças competitivas, uma vez que “descem mais equipas e para o ano a Pró-Nacional volta a ser apenas de uma série” não vai dar espaço “para errar”, porque há “menos jogos’ e uma luta mais intensa.
“Estava até a contar que o Brito ficasse, mas vai ser um campeonato mais forte, as equipas reforçaram-se bem e todas vão lutar pelo quarto lugar. Não vejo um jogo fácil, seja para as equipas que subiram de divisão, seja para as que vão querer subir”, alertou o treinador, num discurso em consonância com o presidente.
“Em termos de expectativas de época, será atingir o mais rapidamente a manutenção, sabemos que isso é ficar nos quatro primeiros lugares, esse é o nosso objectivo principal”, assumiu Ricardo Silva, dando conta de que o plantel tem, neste momento, o “número desejado” de 25 jogadores, mas que “nunca está fechado” e que só entrará algum novo atleta que seja “uma mais-valia”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho