Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Turma do Colégio João Paulo II de quarentena
‘Talvez um dia’ invoca inércia da sociedade

Turma do Colégio João Paulo II de quarentena

Gastronomia e património histórico podem ser saboreados no ‘Burguês’

Turma do Colégio João Paulo II de quarentena

Braga

2020-09-12 às 09h00

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

Uma turma de 12.º ano do Colégio João Paulo II está de quarentena, após um caso confirmado de Covid-19. As aulas passam a ser à distância.

No regresso às aulas, uma turma do Colégio João Paulo II foi colocada de quarentena, devido a um caso confirmado de Covid-19.
“Esperemos que este caso fique por aqui. Esta é a nova realidade que todos temos que enfrentar e o papel do colégio é cumprir com todas as normas de segurança, transmitindo toda a tranquilidade à comunidade educativa”, afirmou Mário Paulo Pereira, administrador do Colégio João Paulo II em Dume.
Mário Paulo Pereira contou ao ‘Correio do Minho’ que na segunda-feira, o pai da menina fez o teste à Covid-19 que deu positivo, tendo comunicado de imediato ao colégio. “A menina veio na segunda-feira para as apresentações e já não veio no dia seguinte, após comunicação do pai na segunda-feira à noite”, contou o administrador do colégio.
A aluna também testou positivo e a turma encontra-se agora de quarentena, mas, segundo Mário Paulo Pereira, “nenhum apresenta sintomas”.
Os pais foram informados durante o dia de ontem. Os alunos que estão em isolamento passam a ter aulas à distância até ao fim da quarentena. “Temos bons sistemas informáticos e os alunos não vão perder nada”, assegurou o administrador do colégio em Dume.
Mário Paulo Pereira assegura que o colégio cumpre com todas as normas recomendadas pela Direcção Geral de Saúde. “O colégio accionou de imediato o plano de contingência e o caso prontamente acompanhado pela autoridade local de saúde”, contou o responsável, garantindo que em matéria medidas preventivas, “o colégio se pecar é por excesso”, deixando um apelo a toda a comunidade educativa, nomeadamente aos alunos mais velhos que “façam a sua parte”.
“Não adianta o colégio estar a cumprir escrupulosamente com todas as medidas de segurança, se cada um não fizer a sua parte. Os mais velhos não podem descuidar o uso de máscaras e ir para os cafés e jantares com os amigos. Este é o momento em que cada um de nós tem de fazer o seu papel, em prol do bem comum, para segurança de todos”.
Contactado o Colégio D Diogo de Sousa, o administrador António Araújo garantiu que não há nenhum caso de Covid-19, desmentindo alguns rumores que davam conta de alunos infectados no Colégio D. Diogo de Sousa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho