Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
TUB ultrapassa fasquia dos 12 milhões de passageiros
Famalicão cria apoio extraordinário às rendas

TUB ultrapassa fasquia dos 12 milhões de passageiros

Famalicão cria bolsa de voluntários Covid 19

TUB ultrapassa fasquia dos 12 milhões de passageiros

Braga

2020-02-27 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Transportes Urbanos de Braga completaram sexto ano consecutivo de crescimento. Empresa municipal aumentou passageiros transportados e receitas em 2019.

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) transportaram o ano passado 12 413 299 passageiros, um crescimento de 3,99% relativamente a 2018. A empresa municipal regista o sexto ano consecutivo de crescimento, com reflexos na receita total, que ascendeu a mais de 7, 2 milhões de euros, mais 6,22% que no exercício anterior.
Os números da actividade operacional dos TUB foram ontem revelados, tendo o administrador executivo, Teotónio Santos, relevado os 153 706 euros de resultado positivo, que comparam com os 37 200 euros de 2018.
Os mais de 12 milhões de passageiros transportados em 2019 representam um acréscimo de 21,14% relativamente 2013. De então para cá, os TUB tiveram um acréscimo de quase 2,2 milhões de passageiros.
Os autocarros dos TUB realizaram, em 2019, 592 363 viagens, percorrendo mais de 6,1 milhões de quilómetros.

Os circuitos turísticos tiveram um aumento de 5,88% dos passageiros transportados por viagem, enquanto a ligação à praia fluvial de Adaúfe teve um incremento de 8,56% dos passageiros transportados por dia.
Perante estes números, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, afirmou que “os TUB são um exemplo a nível nacional ao apresentar um crescimento contínuo e sustentado ao longo dos últimos seis anos”, sublinhando que a “empresa tem feito um percurso verdadeiramente notável no sector que se traduz, ano após ano, no aumento do número de passageiros, no aumento de receita, na redução de custos de operação e manutenção, sem que, para isso, seja necessário penalizar os utilizadores com aumento de tarifários”.

A venda de títulos de transporte que, a partir de Abril de 2019, beneficiaram de uma redução de 16 %, em resultado da aplicação do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART), que o Governo renovou para o corrente ano, representaram uma receita de 6 513 566 euros em 2019, mais 4,66% em relação a 2018, enquanto as receita de alugueres aumentou 22, 8%, fixando-se nos 722 212 euros.
O administrador executivo dos TUB adiantou ontem que os sete de autocarros eléctricos já adjudicados entrarão ao serviço dentro de um mês, acrescentando que “está a ser fechado o caderno de encargos para aquisição de 25 viaturas a gás”.

A entrada ao serviço dos sete novos autocarros eléctricos esteve programada para 2018.
A administração dos TUB assegura agora a chegada de 32 novas viaturas até ao final do corrente ano.
O presidente da Câmara Municipal de Braga declarou a intenção de fazer a renovação da frota dos TUB ano a ano, investimento que não terá se ser concretizado exclusivamente com a compra de autocarros novos. Para tal, o presidente da Câmara Municipal de Braga reclamou “mais apoio do Estado”.
Teotónio dos Santos informou que o novo parque de material e oficinas da transportadora municipal encontra-se em fase de projecto.

“Estruturante”
Minho Center-Nova Arcada é a linha um milhão

A linha 95 dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), que liga os centros comerciais Minho Center e Nova Arcada, transportou o ano passado 1 041 673 passageiros. Inaugurada em Março de 2016, a 95 é a mais frequentada, considerando Teotónio Santos, administrador dos TUB, que é “uma linha estruturante”, já que atravessa a zona central da cidade de Braga e áreas populacionais relevantes das freguesias de Real e Dume.
Esta é a primeira linha dos TUB a ultrapassar a fasquia do milhão de passageiros/ano.
“Uma linha criada em 2016 e que em apenas quatro anos atingiu este número de utilizadores é a demonstração da correspondência entre o serviço prestado pela empresa às dinâmicas e necessidades concretas dos bracarenses, ajustando o seu serviço aos novos polos de vitalidade económica e a novos factores de atractividade da cidade”, considerou o presidente da Câmara Municipal de Braga, na sessão de apresentação dos resultados operacionais dos TUB.

Tendência crescente
Sessenta e quatro dias com mais de 50 mil passageiros

Os TUB registaram no ano transacto 64 dias com mais de 50 mil passageiros transportados. O dado foi ontem relevado pela administração da transportadora municipal, dado que, em 2018, apenas em 25 dias se atingiu essa cifra. Em 2017, houve 15 dias com mais de 50 mil passageiros transportados nos autocarros dos TUB. No ano de 2016, essa situação ocorreu apenas num dia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho