Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Tradições do S. João retratadas pela criançada
Cónegos mais fortes e eficazes abatem galos muito macios

Tradições do S. João retratadas pela criançada

Mortalidade acelera nas estradas do Minho com 32 vítimas

Tradições do S. João retratadas pela criançada

Braga

2019-06-15 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

A alegria dos mais novos cidadãos bracarenses reinou, ontem, ao final do dia, no Museu Pio XII, local onde foi inaugurada a exposição de desenhos relativos ao concurso ‘O Meu S. João é o de Braga’. O momento serviu também para a entrega dos prémios.

O São João de Braga visto pelo olhar entusiasmado das crianças e jovens bracarenses é alegre, colorido, cheio de animação e de tradição. Tudo o que está contido nas festividades sanjoaninas está representado na mega exposição de desenhos do concurso ‘O Meu São João é o de Braga’, que foi inaugurada, ontem, no Museu Pio XII.
Constança Rocha, de 11 anos, do Colégio D. Diogo de Sousa (3.ª Categoria), Matilde Pereira, de 9 anos, da EB1 de Gualtar (2.ª Categoria) e António Simão Frutuoso, de 5 anos, do Colégio D. Diogo de Sousa (1.ª Categoria) foram os vencedores, mas em cada categoria foram eleitos 10 desenhos como ‘best off’.
Ao todo foram 30 os desenhos premiados entre cerca de 1500 que concorreram à 6.ª edição do concurso que é promovido pelo jornal Correio do Minho, com o objectivo de envolver também os mais pequenos no vasto programa das festividades.
Constança, a vencedora da 3:ª Categoria, revelou que inicialmente estava para desenhar a Capela de S. João da Ponte, mas acabou por “mudar de ideias” e optou pelos ‘Gigantones e Cabeçudos’. “Achei que era um motivo mais festivo”, confessou.
Matilde Pereira, de 9 anos - que foi a primeira classificada na 2.ª Categoria do concurso - não escondeu o “orgulho” por ter ganho um primeiro prémio. “Gosto muito de desenhar e achei que o meu desenho sobre o São João devia contar muitas coisas, como as danças tradicionais, as sardinhas, os arcos e a Arcada - para mostrar que este é o São João de Braga!”.
Meio envergonhado para falar à imprensa, o vencedor da 1.ª Categoria - António Simão Frutuoso - contou que o seu desenho exibe os gigantones que tanto gosta de ver a animar a cidade. Para o pai, Paulo Frutuoso, “esta é uma iniciativa muito interessante, antes de mais porque é uma maneira de incentivar os mais novos a deixar o ‘ipad’ e, tal como nós fazíamos há alguns anos atrás, usar os lápis de cor e dar asas à imaginação com a memória do nosso São João”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.