Correio do Minho

Braga, quarta-feira

‘Toda a Gente Conta em Palmeira’ em exposição no Nova Arcada
Arsenalistas de regresso ao activo

‘Toda a Gente Conta em Palmeira’ em exposição no Nova Arcada

Cinema Paraíso completa 20 anos de projeções ao ar livre

Braga

2019-05-13 às 12h44

Redacção

Exposição ‘Toda a Gente Conta em Palmeira’ foi inaugurada no Nova Arcada. Mostra reúne imagens da freguesia, do seu património e das suas gentes. Para ver até 10 de Julho.

‘Toda a Gente Conta em Palmeira’ é o título da exposição que, até 10 de Julho, está patente no último piso do centro comercial Nova Arcada. Trata-se de uma mostra preparada por Alcino Castro, que reúne várias imagens da freguesia, assim como das suas gentes.
O património e as gentes de Palmeira misturam-se nesta exposição que preserva o legado da freguesia. Durante a abertura da exposição, que contou com a presença de César Gomes, presidente da Junta de Palmeira, o curador da exposição, Alcino Castro, explicou o porquê de tudo começar em Palmeira.

“Esta exposição começa em Palmeira porque o presidente de Junta teve a visão, a disponibilidade e a atenção de acolher este projecto que é um projecto que nós queremos que seja de todos. Ou seja, que não seja só de Palmeira, mas acima de tudo de todos os bracarenses”, disse o curador da exposição.
“Quem visitar esta exposição irá encontrar algo que tem uma particular importância: as memórias. Para mim, esta exposição é tão importante como a memória de uma pessoa. Se retirarmos a memória de uma pessoa a pessoa fica como que um ser vegetal. Ou seja, não tem acção nem sequer pensamento. Esta exposição pretende dar um viva aos antepassados da freguesia de Palmeira que muito contribuíram para a situação em que estamos, seja a nível cultural, social e económico, mas acima de tudo é um alerta para que não se perca a memória colectiva das pessoas”, disse Alcino Castro, aproveitando para agradecer também ao Nova Arcada por acolher a exposição.

Já César Gomes um pouco de tudo, esta exposição valoriza o passado da freguesia, dando alguns sinais sobre o que queremos para o futuro. A Junta de Freguesia continuará por isso empenhada em apoiar todas as iniciativas que contribuam para uma Palmeira forte e dinâmica como a que hoje temos”, disse o presidente.
Na inauguração da exposição, esteve também presente Armanda Peixoto, educadora social da Casa do Povo de Palmeira, que partilhou algumas das imagens que podem ser hoje apreciadas.
“Fiz trabalhos ao longo destas décadas sobre fotografia de usos e costumes – uma das exposições ainda está patente numa das escolas da freguesia que agora está desactivada – e foi aí que depois o gosto se transformou. Fui recolhendo fotos dos residentes, porta a porta, e de repente vi-me com um espólio magnifico. Dei à escolha ao Dr. Alcino e ele seleccionou as que pretendia. Resta-me desejar o maior sucesso à exposição e que as pessoas não percam a oportunidade de a visitar”, disse.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.