Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Theatro Circo recebe 218 mil euros pela gestão do GNRation
‘Produto que é nosso’ impulsiona inovação

Theatro Circo recebe 218 mil euros pela gestão do GNRation

Barcelenses já podem comprar bilhetes nos autocarros

Theatro Circo recebe 218 mil euros pela gestão do GNRation

Braga

2020-02-15 às 08h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Câmara Municipal de Braga discute adenda ao contrato programa com Theatro Circo. Empresa municipal assume, em Julho, a gestão do espaço GNRation.

A vereação bracarense vota segunda-feira, em reunião extraordinária, uma adenda ao contrato-programa de 2020 entre o Município e o Theatro Circo, a qual visa enquadrar a passagem da gestão do espaço GNRation para esta empresa municipal a partir do dia 1 de Julho.
A alteração proposta ao executivo municipal considera um subsídio à exploração para suporte das actividades do GNRation no segundo semestre deste ano no valor de 218 mil euros.
A Câmara Municipal decidiu atribuir ao Theatro Circo a gestão da programação cultural do GNRation, tendo em vista “um melhor aproveitamento das sinergias geradas entre os espaços e actividades culturais sob alçada da sua gestão, permitindo a racionalização de estruturas e meios técnicos e humanos”.
No cálculo do subsídio à exploração para as actividades culturais no GNRation é tida em conta “as poupanças de custos que resultam da gestão integrada deste espaço no contexto da empresa municipal”.
A adenda ao contrato-programa estabelece “a aposta numa programação contemporânea de elevada qualidade, consistente com a estratégia cultural da cidade”, apontando como meta para o segundo semestre deste ano entre 25 e 30 mil espectadores em cerca de seis dezenas de eventos apoiados.
A administração da empresa Theatro Circo, no estudo económico e financeiro de suporte à incorporação das actividades desenvolvidas no GNRation, calcula, para o período 2020-2024, uma poupança efectiva de quase 130 mil euros, atendendo a que “o incremento docontrato-programa decorrente desta operação é inferior ao montante adstrit ao GNRation caso não ocorresse a referida incorporação das actividades”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho