Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Terra Justa - Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade em Fafe
Viana do Castelo investe 2 milhões em apoios sociais, promoção do sucesso escolar e projetos educativos

Terra Justa - Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade em Fafe

Vivências barrocas encantam nos Biscainhos e Praça Municipal

Vale do Ave

2018-04-16 às 18h20

Redacção

É já esta semana, de 18 a 21 de abril, que Fafe volta a receber o Terra Justa- Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade. Este ano, o encontro internacional irá homenagear o papel da Human Rights Watch (HRW) e a ONG Capacetes Brancos da Síria na Defesa dos Direitos Humanos e ainda, de forma póstuma, a ex-primeira ministra, Maria de Lourdes Pintasilgo.

É já esta semana, de 18 a 21 de Abril, que Fafe volta a receber o 'Terra Justa- Encontro Internacional de Causas e Valores da Humanidade'. Este ano, o encontro internacional irá homenagear o papel da Human Rights Watch (HRW) e a ONG Capacetes Brancos da Síria na Defesa dos Direitos Humanos e ainda, de forma póstuma, a ex-primeira ministra, Maria de Lourdes Pintasilgo.


O dia 18 será dedicado aos White Helmets/Capacetes Brancos, organização não-governamental de apoio aos civis, cujos membros são, internacionalmente, conhecidos por serem voluntários que procuram salvar vidas num dos mais complexos cenários de guerra da atualidade.
Esta ONG composta por civis, conta com mais de 3000 voluntários, homens e mulheres com todo o tipo de profissões antigos padeiros, engenheiros, farmacêuticos, pintores que se uniram para salvar vidas, independentemente da religião e ideologia política.

Desde o início do conflito na Síria, em 2011, já salvaram milhares de pessoas e perderam mais de 200 dos seus voluntários, mortos quando tentavam salvar vidas. Os capacetes brancos vão marcar presença no Terra Justa, com três elementos de uma organização que além de salvar vidas, tem vindo a denunciar um conjunto de crimes contra a população tendo já sido nomeados para o Nobel da Paz, e tendo recebido em 2016 o chamado 'Nobel alternativo', o prémio Right Livelihood.

Ainda recentemente na edição de 2017 dos Óscares, a obra The White Helmets  que mostra com pormenor as operações destes homens e mulheres que constituem o grupo de resgate sírio, venceu na categoria de Melhor Documentário em Curta-Metragem.


O dia 19 de Abril ficará marcado por um conjunto de iniciativas em torno da Human Rights Watch, organização não governamental que  defende os direitos de pessoas no mundo inteiro. A HRW Investiga detalhadamente violações de direitos humanos, denunciam os casos que que documentam e procuram junto dos governos e das Nações Unidas, políticas eficazes que promovam os direitos humanos e a justiça.

Em Portugal, estará Bruno Stagno Ugarte, Diretor Executivo Adjunto para Advocacia e que antes de ingressar na HRW, teve diversas funções como Ministro dos Negócios Estrangeiros da Costa Rica, Embaixador das Nações Unidas, e colaborou com o Tribunal Penal Internacional. Graduado pela Georgetown University, Sorbonne e Princeton University e autor ou editor de vários livros, capítulos e artigos, incluindo o Conselho de Segurança da ONU na Era dos Direitos Humanos (Cambridge University Press, 2014). Em 2011 foi nomeado Oficial da Legião de Honra. Actualmente é um dos advogados de maior prestígio na defesa de causas relacionadas com os direitos humanos.


No dia 20 de Abril, decorrerão diversas iniciativas e uma homenagem póstuma a Maria de Lourdes Pintasilgo, que contará com o apoio da Fundação Cuidar o Futuro e com a presença de pessoas próximas daquela que foi a única primeira primeira ministra de Portugal. Conversas de café com a participação de quem conheceu bem um dos nomes grandes da nossa democracia, colocação de um texto no mural para perpetuar a mensagem da ex-governante e finalmente uma homenagem póstuma, à noite, no Teatro Cinema de Fafe.


Dia 21 de Abril,  em colaboração com o Observatório para a Liberdade Religiosa, decorrerá, durante a manhã, uma conferência, subordinada ao tema 'Religião e Igualdade: desafios da Cidadania'.

O Terra Justa terminará no Sábado com um concerto solidário, a favor da HRW, com Sérgio Godinho, no Teatro Cinema de Fafe. Os bilhetes estão disponíveis em breve na Loja Interactiva de Turismo. Seja por via das homenagens, dos debates, das conferências, das inúmeras atividades culturais, das exposições, ou simples conversas de café por onde já passaram várias personalidades que dedicaram a sua vida a uma causa ou que defendem valores universais, o objetivo é que todos paremos para pensar.

Todos os homenageados têm deixado uma mensagem no mural das causas, que só será aberta 25 anos depois, como foi o caso de instituições não governamentais e diversas personalidades como António Guterres, Secretário Geral da ONU; Óscar Rodríguez Maradiaga, Cardeal das Honduras, e Presidente (à época)  da Caritas International e ainda coordenador do Conselho de Cardeais para a reforma da igreja, criado pelo Papa Francisco; Maria Barroso, Presidente (à epoca) da Fundação Pro-Dignitate; Pe. Mussie Zerai (conhecido por ser o 112 do Mediterrâneo e que já salvou centenas de refúgios); Tareke Brhane, Presidente do Comitato Tre Ottobre (ativista sobre a questão dos refugiados);  Amnistia Internacional; Médicos do Mundo; UNICEF; Instituto de Apoio à Criança; Rede Talitha Kum (de apoio a mulheres em risco de vida); AGENZIA Habeshia (trabalha com refugiados no Mediterrâneo); Fundação Champalimaud ou as Enfermeiras pára quedistas portuguesas (na guerra colonial).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.