Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
‘Tempero Musical’ deu a degustar duas versões do ‘Bacalhau à Zé do Pipo’
“O livro mágico” apresentou-se na Póvoa de Lanhoso  no âmbito do TEATR’OUTONO

‘Tempero Musical’ deu a degustar duas versões do ‘Bacalhau à Zé do Pipo’

Barcelos é oficialmente membro da ‘Creative Tourism Network’

‘Tempero Musical’ deu a degustar duas versões do ‘Bacalhau à Zé do Pipo’

Economia

2019-08-07 às 10h16

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Os clientes da Loja do Pingo Doce do Braga Parque foram, ontem, surpreendidos mais uma vez, com mais uma sessão do ‘Tempero Musical’, onde os chefs Maumau Horcht e Flávio Lopes apresentaram a versão tradicional e light da iguaria gastronómica

Os clientes da loja Pingo Doce do Braga Parque foram ontem à tarde surpreendidos, pelas receitas dos chefs de cozinha, Mau - Mau Horsth e Flávio Lopes, que apresentaram a versão original e outra mais light do tradicional ‘Bacalhau à Zé do Pipo’. Todos quiseram provar ambas as receitas e garantiram ser ambas “deliciosas”.
Este foi mais um showcooking com que os chefs brindaram os clientes do Pingo Doce, numa parceria entre o jornal Correio do Minho/Rádio Antena Minho e a loja do Pingo Doce do BragaParque - que se enquadra também na rubrica ‘Tempero Musical’ do programa ‘Conexão’, que a rádio Antena Minho emite, todas as sextas-feiras, entre as 12 e as 13 horas.

O chef Maumau Horsht diz que a receita do ‘Bacalhau à Zé do Pipo’ é especial e uma das mais ricas da gastronomia tradicional portuguesa. “Aqui estamos a utilizar os produtos da marca Pingo Doce também, como é o caso do puré de batata, mas também as verduras, os ovos, o óleo, etc,”, explicou.
Os chefs começaram precisamente por confecionar a maionese para cada versão dos pratos - uma maionese tradicional, cuja base é feita de gemas de ovo, limão e óleo, e uma maionese mais light à base da gordura de abacate, lima e óleo. Ambas agradaram aos clientes do Pingo Doce, que se encontravam a assistir a mais uma sessão do ‘Tempero Musical’.

A versão light do ‘Bacalhau à Zé do Pipo’ do chef Flávio Lopes foi confeccionada também com mais legumes - no caso a mistura de grelos e espinafres do Pingo Doce e usando o bacalhau no forno com cebolada. A versão mais tradicional do prato confeccionado pelo chef maumau Horcht usou a base do puré de batata com o bacalhau previamente frito por cima.
Manuel Sousa Campos, de Ferreiros, era um dos bracarenses que assitia ao ‘Tempero Musical’ juntamente com a família, confessando ter ficado agradavelmente surepreendido com ambas as maioneses. “Julgo que esta é uma excelente iniciativa, que dá excelentes conselhos gastronómicos”, referiu, destacando o “sabor” dos pratos exibidos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.