Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Teatro na Feira do Cavalo em Cabeceiras
Guimarães atribui maior subsídio de sempre às Instituições Culturais e Recreativas

Teatro na Feira do Cavalo em Cabeceiras

ABC/UMinho apresenta mais dois reforços e renova protocolo com a Sabseg

Vale do Ave

2018-05-22 às 15h10

Redacção

Grande produção teatral dá brilho à oitava edição da Feira do Cavalo.

'Aquilo que arde em nós' é a mais recente produção teatral do CTCMCB Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto que vai estar em destaque na noite do próximo sábado, 26 de Maio, naquela que é a oitava edição da Feira do Cavalo que decorre este fim de semana no Centro Hípico de Cabeceiras de Basto.

A grande produção que vai ter em palco mais de 100 pessoas é um espetáculo inspirado nas diversas formas que o fogo pode assumir nas nossas vidas. "É uma construção poética das chamas enquanto paixão, enquanto vida, vingança, alegria e dor. Esta história é uma obra forte, carregada de símbolos de um Portugal que ardeu tragicamente. É uma prova de amor através do fogo", lê-se na sinopse que acrescenta "é verão, e na Aldeia todos comemoram o São Pedro. Guida é a filha do meio de um pai muito severo. A chegada de Edgar, um rapaz de Viana do Castelo, acende algo dentro das raparigas, especialmente dentro dela. Mas o fogo da raiva parece crescer em Augusto, que também a deseja. Tudo parece arder. Tudo é festa. Tudo é tragédia. Tudo é coragem".

A peça que vai ser apresentada ao público na noite da Feira do Cavalo conta com mais de 30 atores em palco, aos quais se juntarão três associações: a Banda Cabeceirense, o Centro de Dança Corpo e Movimento e os Cavaquinhos da Raposeira. O elenco é, assim, composto por diferentes gerações que irão, certamente, despertar emoções fortes no público.

De salientar que a encenação teatral 'Aquilo que arde em nós' levou dois meses a ser construída. O espetáculo é apoiado pela Iberdrola.

As extraordinárias e inspiradoras produções do Centro de Teatro continuam a marcar o vasto programa cultural do Município Cabeceirense e o numeroso público que assiste aos espetáculos promovidos pelo CTCMCB é bem demonstrativo do interesse dos Cabeceirenses por este projeto que continua a ser acarinhado pelas pessoas.

O Centro de Teatro tem promovido a cultura ao seu melhor nível. Trata-se de um projeto inclusivo, intergeracional, envolvente e comunitário que pretende ser impulsionador de um processo de transformação cultural na sociedade, ancorado ao Município de Cabeceiras de Basto.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.