Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Tarifas da Agere voltam a baixar em 2018
Câmara de Famalicão investe 60 mil euros para instalar balcão dos CTT na Junta

Tarifas da Agere voltam a baixar em 2018

Sócrates Tem de Morrer: A Vida de John Smith em estreia absoluta no Vila Flor

Braga

2017-11-07 às 06h00

Teresa M. Costa

A Câmara Municipal de Braga está apostada em dar continuidade ao esforço de descida dos tarifários e já propôs uma redução de 2,5 por cento nas tarifas da empresa de Águas, Efluentes e Resíduos de Braga - Agere para o próximo ano. O anúncio foi feito ontem pelo presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, na reunião do executivo municipal.

A Câmara Municipal de Braga está apostada em dar continuidade ao esforço de descida dos tarifários e já propôs uma redução de 2,5 por cento nas tarifas da empresa de Águas, Efluentes e Resíduos de Braga - Agere para o próximo ano.
O anúncio foi feito ontem pelo presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, na reunião do executivo municipal.

Para Ricardo Rio, a redução do tarifário decorre de um compromisso assumido e, no caso da Agere baseia-se na libertação de recursos financeiros da própria actividade da empresa.
“Continuamos com a política de devolver aos bracarenses os recursos que são gerados na empresa” reforça o presidente.

Por enquanto, ainda não há decisão, mas o edil bracarense - que preside ao Conselho de Administração da Agere que tem 51 por cento de capital municipal e 49 por cento de capital privado - deu conta que a proposta já foi apresentada e que os parceiros privados concordam com a estratégia de redução do tarifário.

A oposição aplaude a redução de tarifas da Agere, mas o vereador do PS, Miguel Corais, defende que “era conveniente que a redução fosse de uma só vez” ou seja, “se há situação financeira para descer as tarifas que se desçam”, acrescenta, apontando o lucro da empresa como “um imposto encapotado sobre os bracarenses”.

O caminho da redução de tarifas também agrada à CDU, cujo vereador, Carlos Almeida, que espera que a redução seja substancial, até porque “os bracarenses continuam a pagar tarifas muito elevadas pelos serviços da Agere.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.