Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Spin-off do INL vence prémio de inovação com tecnologia única
Município de Guimarães não poupa esforços para garantir a saúde de todos os vimaranenses

Spin-off do INL vence prémio de inovação com tecnologia única

Empresa “Guimarães Marca” vence categoria Têxteis Lar do Fashion Film Festival

Spin-off do INL vence  prémio de inovação com tecnologia única

Ensino

2021-10-15 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

RUBYnanomed obtém financiamento do Conselho Europeu de Inovação para fazer chegar aos hospitais tecnologia única de detecção precoce de metástases do cancro da mama. 

A RUBYnanomed, uma spin-off do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), é uma das 65 pequenas e médias empresas europeias que vão receber 363 milhões de euros para acelerarem o desenvolvimento de soluções únicas em várias áreas, nomeadamente saúde e biotecnologia, apoiadas pelo programa EIC Accelerator do European Innovation Council.
 A RUBYnanomed foi fundada por três mulheres cientistas do INL para trazer aos hospitais o primeiro dispositivo não invasivo para monitorização contínua e diagnóstico personalizado durante a evolução do cancro da mama, através do isolamento e análise de células tumorais circulantes em amostras de sangue dos pacientes.

Actualmente, os doentes com cancro são monitorizados com recurso a tecnologias de diagnóstico através de imagens, como a ressonância magnética.
Estas tecnologias apresentam um grau de sensibilidade limitado e não fornecem informações moleculares actualizadas que possam orientar os oncologistas para a detecção precoce da doença metastásica e a selecção personalizada do tratamento, levando a que, num cenário metastático, 75 % dos tratamentos sejam ineficazes.
A RUBYnanomed desenvolveu o RUBYchipTM, um dispositivo microfluídico capaz de capturar de forma muito eficiente as células tumorais circulantes – responsáveis ??pelas lesões metastáticas. Esta ferramenta de biópsia líquida permite, através de amostras de sangue, estudar a progressão da doença com elevado grau de sensibilidade e fornecer aos oncologistas informações actualizadas que permitam adequar e personalizar o tratamento a cada um dos pacientes.

De acordo com Lorena Diéguez, CEO da RUBYnanomed e investigadora líder do grupo de investigação de dispositivos médicos do INL, o apoio do EIC Accelerator é um ponto de viragem para a tecnologia da RUBYnanomed.
“Vamos conseguir avançar com testes clínicos registados para certificar a tecnologia como ferramenta de diagnóstico in-vitro para monitorização de metástases e resposta a tratamento no cancro da mama. Isto vai permitir economizar 24 mil milhões de euros desperdiçados em custos de tratamento não eficientes e melhorar a vida de 700 mil pessoas por toda a Europa”.
Actualmente, a RUBYnanomed está já a conduzir ensaios pré-clínicos em cinco tipos diferentes de cancro em oito hospitais europeus.

Os resultados têm demonstrado que a tecnologia é capaz de detetar a progressão da metástase até um ano antes das tecnologias actuais.
Lançado em Março de 2021, O programa EIC Accelerator oferece financiamento e apoia o investimento em ‘start-ups’ individuais e pequenas empresas para o desenvolvimento e exploração de soluções com grande impacto através do Fundo EIC.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho