Correio do Minho

Braga,

- +
Solar da Pena promove castas tradicionais da região do Minho
‘Histórias na Praça’ promove leitura no Mercado Municipal

Solar da Pena promove castas tradicionais da região do Minho

Viana do Castelo regressa às competições de Remo

Solar da Pena promove castas tradicionais  da região  do Minho

Economia

2021-05-24 às 06h00

Redacção Redacção

Quatro quintas inseridas no Solar da Pena, propriedade do empresário José Correia, produzem vinhos como o ‘Folclore’, o ‘Batonnage & Oak’, ‘Arinto’ e ‘Espumante’, que ontem foram apresentados publicamente.

A Quinta do Solar da Pena apresentou ontem os vinhos Folclore, Batonnage & Oak, Arinto e Espumante, provenientes de vinhas de castas brancas localizadas não só na quinta do Solar da Pena, mas também na Quinta da Ombra (ambas em Pousada), na Quinta de Areias (em Crespos) e na Quinta do Outeiro (em Moure, Póvoa de Lanhoso). Todos estes espaços pertencem ao empresário José Correia , CEO da JC Group. “Foi um projecto iniciado em 2014, quando comprei as quintas. As vinhas foram plantadas e estruturadas em três anos. É um projecto de futuro na promoção dos vinhos verdes. Queremos divulgar um produto de qualidade associado à região”, destacou José Correia, CEO da JC Group.

Os vinhos foram criados sob a orientação do enólogo e consultor do Solar da Pena, Pedro Campos. “É um enólogo que tem um excelente currículo noutras quintas”, destacou Sónia Mendes. A responsável pelo Solar da Pena frisou que a localização das quatro quintas permitiu criar “boas condições para a produção do vinho com uma boa graduação, com bom equilíbrio, com uma boa maturação, porque esta localização é uma região muito propícia para a produção dos vinhos verdes”.
Sónia Mendes, realçou ainda que os vinhos procuram promover a região, essencialmente os trajes do folclore minhoto e as contas de filigrana da Póvoa de Lanhoso, presentes nos rótulos dos vinhos. “Nós pretendemos, com estes vinhos, homenagear as nossas tradições”, disse Sónia Mendes.

Os vinhos ‘Foclore’ (branco, tinto e rosé) correspondem à gama de entrada. A casta vinhão (tinto) é típico da região dos vinhos verdes e o branco é da casta Loureiro, Avesso e Arinto. O vinho Rosé é feito a partir das uvas Padeiro. O Arinto é monocasta e um vinho mais aromático. O Batonnage é feito com as castas ‘Chardonnay’ e fica em estágio em barrica. O Espumante Reserva é feito com uvas da casta Avesso, após dois anos de estágio. Os vinhos podem ser adquiridos em várias garrafeiras da região. O vinho verde branco ganhou um prémio da revista Grandes Escolhas. O vinho Arinto obteve a medalha de prata no concurso Os Melhores Verdes de 2019.
Durante o evento foi apresentada a participação de José Correia e Gabriela Correia no Supercars GT4 South ao volante de um Mercedes AMG GT4. As provas de velocidade decorrem em Portugal e Espanha.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho