Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Sindicato Independente dos Médicos não destarca possibilidade de se juntar à greve
Apurados alunos para a fase regional do Concurso Nacional de Leitura

Sindicato Independente dos Médicos não destarca possibilidade de se juntar à greve

Projeto MedOnTour em Arcos de Valdevez

Nacional

2018-03-05 às 19h51

Redacção

O Sindicato Independente dos Médicos não descarta a hipótese de juntar-se à greve nacional convocada para Abril pela Federação Nacional dos Médicos, mas ainda acredita no processo negocial que mantém com o Governo.

O SIM está em processo negocial, no próximo dia 8 irá ocorrer mais uma reunião com o Governo e nós privilegiamos e acreditamos no processo negocial. Em último caso, se não chegarmos a acordo, iremos, juntamente com a FNAM, marcar um período de greve no mês de Abril com certeza, disse Jorge Roque da Cunha, secretário geral do SIM.
A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) anunciou sábado a realização de uma greve nacional a 10, 11 e 12 de Abril, e uma manifestação em frente ao Ministério da Saúde, em Lisboa, a 10 de Abril. Segundo Jorge Roque da Cunha, dentro de 15 dias o SIM reúne-se em congresso nacional, no qual a organização irá tomar uma deliberação definitiva em relação à greve.

Segundo aquele dirigente, a decisão foi tomada face à incapacidade do Ministério da Saúde em garantir os diversos compromissos já assumidos, lê-se num comunicado emitido no final do encontro. Entre as reivindicações da FNAM está a revisão da carreira e das grelhas salariais dos médicos, tendo por base o regime das 35 horas semanais.O descongelamento imediato da carreira médica e a devida progressão salarial, bem como o propósito de dar um médico de família a todos os cidadãos estão igualmente entre as propostas defendidas pela estrutura representativa dos médicos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.