Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Serralharia Cunha: Uma empresa em crescimento e com reconhecimento internacional
Secundária Camilo Castelo Branco passa a integrar Rede UAARE

Serralharia Cunha: Uma empresa em crescimento e com reconhecimento internacional

Arcos de Valdevez: Mais de dois mil alunos ‘abraçam’ a biodiversidade

Serralharia Cunha: Uma empresa em crescimento e com reconhecimento internacional

Economia

2022-06-06 às 08h03

Redacção Redacção

Nasceu como uma pequena oficina e tornou-se numa referência no sector. “O reconhecimento de resultados é, na verdade, um reflexo do trabalho, empenho e dedicação das nossas equipas, com quem aprendo todos os dias”, relata António Martins, sócio-gerente da empresa.

Citação

ASerralharia Cunha, SA, foi fundada em 1988 e mantém-se como uma empresa de cariz familiar, especializada na concepção e montagem de estruturas metálicas, revestimentos, coberturas, ferro ligeiro e inox, caixilharias e fachadas de alumínio.
A empresa, instalada no Parque Industrial de Celeirós desde 2008, foi classificada no TOP 10+ Sectores e Regiões 2021, pelo desempenho e solidez financeira a um volume de negócios relevante no sector.
“O reconhecimento de resultados é, na verdade, um reflexo do trabalho, empenho e dedicação das nossas equipas, com quem aprendo todos os dias”, começa por referir António Martins, sócio-gerente e fundador da empresa, assumindo que essa aprendizagem é dos segredos do sucesso.

“Na serralharia desde os 14 anos de idade”, o empresário que começou com uma pequena oficina na casa dos pais, lidera actualmente um unidade industrial com nove dezenas de colaboradores, revelando orgulho por deter uma das poucas empresas do sector, no concelho de Braga com um “quadro técnico bastante qualificado” ao nível da engenharia e da preparação de obra.
Cerca de metade da produção da Serralharia Cunha destina-se ao mercado internacional, nomeadamente Bélgica, França e Suíça, países onde a empresa se posicionou no final da década passada para fazer face às dificuldades com que se viu confrontada perante a crise do sector da construção civil em Portugal.
Os tempos actuais são de crescimento, perspectivando a administração da Serralharia Cunha nova expansão das suas instalações para responder ao aumento de encomendas.

A escassez de mão-de-obra especializada é uma das dificuldades que a empresa enfrenta nesta altura, a par do aumento do custo de matérias-primas essenciais para a sua actividade como o aço, cujo fornecimento está bastante afectado em consequência da guerra na Ucrânia. Para enfrentar esses desafios, o administrador da Serralharia Cunha diz-se preparado com uma empresa “bastante sólida” e com “uma situação financeira estável”.
Segundo António Martins, “a necessidade de nos adaptarmos às novas realidades em constante mudança, vem fortalecer o compromisso com os valores da empresa e reforçar o dever de servir com responsabilidade em relação ao futuro”, mantendo a competência para executar grandes obras a nível nacional e internacional e o reconhecimento pela qualidade do trabalho realizado e pela capacidade de resposta.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho