Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Semana da Comunidade serviu para unir a população de São Victor
Eurocidade Cerveira-Tomiño intensifica dinâmica em 2020

Semana da Comunidade serviu para unir a população de São Victor

Rúben Amorim: “não nos vamos desviar da nossa ideia de dominar”

Semana da Comunidade serviu para unir a população de São Victor

Braga

2016-04-18 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

A Junta de Freguesia de S. Victor encerrou, ontem, a Semana da Comunidade, com um espectáculo musical no auditório da Escola Básica Dr, Francisco Sanches. A iniciativa visou homenagear entidades que colaboram regularmente com a freguesia, “especialmente as escolas que têm um papel fundamental na nossa sociedade”, especificou Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia de São Victor.

A Junta de Freguesia de S. Victor encerrou, ontem, a Semana da Comunidade, com um espectáculo musical no auditório da Escola Básica Dr, Francisco Sanches.
A iniciativa visou homenagear entidades que colaboram regularmente com a freguesia, “especialmente as escolas que têm um papel fundamental na nossa sociedade”, especificou Ricardo Silva, presidente da Junta de Freguesia de São Victor.

O evento de ontem, que constou de concertos da Banda Musical de Cabreiros e da Associação ‘Os Sinos da Sé’ emprestou um cariz mais popular aos festejos.
“Visávamos, de facto, ter um programa aberto, extensível a todos e em que as pessoas se pudessem associar, e ter momentos não só de inspiração musical, mas sobretudo de animação. É um programa aberto a toda a comunidade para que os fregueses sintam uma freguesia viva e dinâmica”, destacou o presidente da Junta de Freguesia de São Victor, Ricardo Silva.

A união da freguesia foi outro dos grandes objectivos da Semana da Comunidade. “A ideia desta semana foi precisamente unir e coser as pontas à freguesia. Na sexta-feira conseguimos homenagear todas as escolas de cinco pontos distantes da nossa freguesia e hoje (ontem) é reunir as pessoas num ponto central da freguesia, que abrange um vasto território da nossa freguesia”, disse o autarca.

O autarca mostrou-se, ainda, bastante agradado com “a boa adesão” da população. Ontem à tarde o auditório da Escola Básica Dr. Francisco Sanches esteve completamente cheio, havendo mesmo a necessidade de acomodar pessoas nas escadas laterais.
A Banda Musical de Cabreiros apresentou oito músicas (‘Pérola 59’, ‘Baghira Sonatina para Saxofone Alto’, ‘Bourré para Flautim’, ‘Encanto’, ‘My Heart Will Go On’, ‘Amigos para Sempre’ e ‘Recordações do Passado’).

A Associação ‘Os Sinos da Sé’ apresentou um repertório mais tradicional, fazendo subir ao palco o ‘Hino de Braga’, ‘O Canto do Lavrador da Arada (tema apresentado durante a Procissão da Burrinha) e ‘São João’, além de peças do Cancioneiro Minhoto de Gonçalo Sampaio e danças regionais.
O último dia da Semana da Comunidade incluiu ainda uma Eucaristia em Honra do Padroeiro da Freguesia e uma feira de produtos biológicos, a Bio Senhora-a-Branca, que decorreu durante todo o dia de ontem.

O programa abrangeu também sessões sobre o Orçamento Participativo, a distribuição de livros sobre a vida e obra do Mártir São Victor, provas de orientação, oficinas temáticas, uma exposição fotográfica sobre as actividades da Junta de Freguesia de São Víctor e uma visita ao complexo das Sete Fontes, entre outras actividades. Sempre com grande adesão popular.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.