Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Secundária Camilo Castelo Branco passa a integrar Rede UAARE
Gui Gomes quarto em Arões após sofrer fractura no pé direito

Secundária Camilo Castelo Branco passa a integrar Rede UAARE

‘Noroeste’ celebra música de Portugal e da Galiza

Secundária Camilo Castelo Branco passa a integrar Rede UAARE

Ensino

2022-06-29 às 06h00

Redacção Redacção

Escola famalicense é unidade de referência no apoio ao alto rendimento desportivo. Objectivo principal passa por conciliar o sucesso escolar com o sucesso desportivo.

Citação

A Escola Secundária Camilo Castelo Branco recebeu ontem a homologação para a integração na Rede Nacional de Escolas UAARE (Unidade de Apoio ao Alto Rendimento na Escola) e é escola de referência no concelho de Famalicão - e até de concelhos vizinhos - para receber alunos que sejam ao mesmo tempo atletas de alto rendimento e que pretendam conciliar, com sucesso, a actividade escolar com a prática desportiva.
Esta classificação vai permitir que a escola passe a dispôr de um conjunto de docentes para dar acompanhamento aos alunos, gerir de forma flexível o currículo e horários, adaptando- -os ao contexto de treino e de competição.
Na cerimónia que ontem decorreu, o Coordenador Nacional das Escolas UAARE, Victor Pardal, elogiou o papel do município de Famalicão “quando há três anos atrás, pelo agora presidente de Câmara e então vereador do desporto, nos questionou sobre o procedimento para a integração de uma destas unidades no concelho, de forma a potenciar o desenvolvimento desportivo sem que os alunos perdessem rendimento escolar, numa visão estratégica que nos permitiu, com a escola, criar um conjunto de condições para estar aqui hoje a celebrar a homologação da candidatura”.
A homologação, com data em 22 de Junho de 2022, foi efectuada pelo secretário de Estado da Educação, António Leite, e pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, mas o director da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, Carlos Teixeira, deu conta que a unidade “já está a trabalhar de forma externa e que no último ano foram 39 os alunos integrados em planos curriculares individualizados e adaptados à exigência do desporto de alta competição”, realçando o mérito do programa com o facto de que “19 desses alunos são quadro de excelência e os restantes integram o quadro de mérito escolar”.
O Município de Vila Nova de Famalicão apoiou o a candidatura da escola, equipando a sala de estudo de apoio à UAARE com cerca de 20 mil euros, e desempenha um papel de facilitador no processo “e continuamos a fazê- -lo, passando a informação aos clubes e aos pais das potencialidades do projecto, que junta recursos e enquadramento legal, para facilitar a conciliação entre a prática desportiva e o aproveitamento escolar”, disse Pedro Oliveira, vereador do Desporto, secundado pelo vereador da Educação Augusto Lima que classificou a unidade “para potenciar talento”.
A Escola Secundária Camilo Castelo Branco foi a melhor classificada no processo de candidatura, uma das seis validadas para o próximo ano lectivo, num total de 25 escolas em todo o país que dispõe deste apoio a alunos que são também atletas de alta competição.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho