Correio do Minho

Braga, quarta-feira

SCV recebe 1º “Acampamento de Surf Adaptado para Pessoas com Deficiência” da Europa
GNR de Braga: 3 detidos por mais de 20 furtos em interior de veículo

SCV recebe 1º “Acampamento de Surf Adaptado para Pessoas com Deficiência” da Europa

José Manuel Fernandes pede apoio rápido da UE a Moçambique

Desporto

2017-04-25 às 14h06

Redacção

O Surf Clube de Viana é o anfitrião do primeiro “Acampamento de Surf Adaptado para Pessoas com Deficiência” (Adaptive Surfing Camp for People with an Impairment) da Europa. Com uma intensa agenda de surf adaptado, arrancou anteontem, 23 de abril, em Viana do Castelo e irá prolongar-se até à próxima sexta-feira.

O Surf Clube de Viana é o anfitrião do primeiro “Acampamento de Surf Adaptado para Pessoas com Deficiência” (Adaptive Surfing Camp for People with an Impairment) da Europa. Com uma intensa agenda de surf adaptado, arrancou anteontem, 23 de abril, em Viana do Castelo e irá prolongar-se até à próxima sexta-feira.

Este projeto europeu, composto ainda por mais dois acampamentos e um seminário, visa a partilha de boas-práticas nesta matéria com o intuito de estas serem cada vez mais decisivas para a inclusão social. Segundo Marioma Masdemont, da associação organizadora, o SCV, devido às suas credenciais, é a melhor entidade para acolher esta primeira iniciativa.

O Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana do Castelo e a Praia do Cabedelo, ambos com condições excelentes para o surf adaptado, são os espaços privilegiados do acampamento de estreia deste projeto europeu, cofinanciado pelo Programa Erasmus+ Sport da Comissão Europeia, que junta nesta partilha de experiências Portugal, Espanha e Itália.
O seu programa centra-se em atividades de surf adaptado e workshops temáticos, prolongando-se até à próxima sexta-feira.

Para Marioma Masdemont, da Play&Train (associação catalã organizadora do projeto), “o que se pretende é combinar as forças de trabalho de todos os participantes e daí retirar as melhores práticas com vista a, através do desporto e em particular do surf, promover a inclusão social”.

Para este acampamento inicial, em Viana do Castelo, Marioma Masdemont tem expetativas altas: “registar um grande número de participantes com incapacidade e haver um forte e rico intercâmbio de experiências entre os participantes dos vários países que conduzam ao fomento mais generalizado da prática do surf adaptado”.

A associação Play&Train, que tem uma vasta experiência em desporto adaptado, de momento, também está a trabalhar na definição dos requisitos de enquadramento necessários a que o surf venha também a ser uma modalidade paralímpica.

Neste acampamento, o Surf Clube de Viana conta com a participação da APPACDM, da Iris Inclusiva e da Mobilitas, bem como com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo.
Estão ainda previstos, a acontecer nas Canárias, mais dois acampamentos de surf adaptado e ainda o “Primeiro Seminário Europeu de Surf Adaptado”.

*** Nota do Surf Clube de Viana ***

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.