Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
SC Braga: “O tamanho da dificuldade do jogo é proporcional ao da nossa ambição”
Gabinete Girassol promoveu ações de sensibilização sobre a “violência no namoro”

SC Braga: “O tamanho da dificuldade do jogo é proporcional ao da nossa ambição”

Novo Centro de Vacinação de Braga abre a 10 de Dezembro

SC Braga: “O tamanho da dificuldade do jogo é proporcional ao da nossa ambição”

Desporto

2021-10-21 às 12h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Carlos Carvalhal sublinha importância do desafio desta tarde (17.45h) na casa do Ludogorets, para o qual o SC Braga parte confiante na conquista dos três pontos. Na Bulgária, como na Ucrânia, Guerreiros querem ‘matar o borrego’.

A “grande aposta” para hoje passa por vencer, primeiro porque é muito importante nas contas do grupo, e depois porque seria a primeira vez que o SC Braga o faria na Bulgária.
“Olhamos, apenas e só para a vitória e estamos com toda a determinação e vontade de conseguir vencer num país onde o SC Braga ainda não conseguiu vencer. Também nunca tínhamos vencido na Ucrânia e conseguimo-lo no ano passado, matamos esse borrego e esperamos conseguir fazê-lo também desta vez”, disse o técnico, para quem, “num grupo equilibrado, todos os jogos são importantes”.
“Nós estamos focados em vencer o jogo, sabendo que é um adversário difícil, que disputou as eliminatórias da Champions, e que respeitamos muito. O tamanho da dificuldade é proporcional ao da nossa ambição. Estamos focados nos três pontos e não nos adianta muito, quando formos para Portugal, que o avião vai chegar ao Porto, porque primeiro temos de entrar no avião. Portanto, vamos pensar em ganhar o jogo, somar três pontos e depois seguir para o destino que todos queremos”, acrescentou, sem deixar de abordar o percurso do SC Braga neste grupo F e rejeitando que o percalço inicial na Sérvia possa ter complicado as contas do apuramento directo.
“Fomos para o Estrela Vermelha claramente para vencer o jogo, acabámos por não o conseguir por vicissitudes do mesmo e não por falta de entrega, de atitude, de ambição. São coisas do futebol. Fizemos muito para vencer aquele jogo e acho que merecíamos mais do que aquilo que tivemos. Num grupo equilibrado, ter um acidente de percurso não significa nada. Temos um novo jogo com o Estrela Vermelha em casa, jogamos amanhã [hoje], ainda vamos ao Midtjylland e falta ainda recebermos o Ludogorets, portanto ainda há muitos pontos para disputar. É um grupo que vai ser discutido até ao último segundo para percebermos quem vai terminar em primeiro e estou convicto de que vamos ser nós”, frisou, analisando os desempenhos das últimas partidas.
“Frente ao Midtjylland demos uma imagem mais aproximada daquilo que poderemos conseguir fazer, ainda com tendência para melhorar. Demos continuidade no jogo com o Boavista, ainda que o resultado não tenha sido positivo, mas fizemos uma exibição boa, ao nível do que podemos fazer e mais perto do nosso melhor. O jogo da Taça foi abordado com muita seriedade por todos os profissionais. Houve oportunidade para alguns jogadores se estrearem mas, no fundo, quem lá esteve jogou pela sua competência, nós não fizemos favor absolutamente nenhum a ninguém. São profissionais que trabalham diariamente, estão aptos a jogar e é isso que nós pedimos. A resposta foi boa no último jogo e aquilo que esperamos amanhã [hoje] é podermos dar sequência ao que temos vindo a fazer, sobretudo ao nível da nossa qualidade de jogo, porque jogando mais perto do nosso nível estamos, com certeza, também mais perto de ganhar.”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho