Correio do Minho

Braga, segunda-feira

SC Braga: “Lutar até à última gota de suor para vencer”
Paulo Cunha visitou Escola Básica de Oliveira Santa Maria

SC Braga: “Lutar até à última gota de suor para vencer”

Darema Coffee: o universo do café num espaço único e descontraído

Desporto

2017-09-10 às 06h00

Paulo Machado

ABEL FERREIRA considera que a equipa “está preparada” para enfrentar um ciclo exigente de jogos, mas a prioridade passa por vencer o jogo desta tarde em Setúbal. O encontro tem início às 16 horas.

O SC Braga defronta hoje o Vitória de Setúbal, às 16 horas, no Estádio do Bonfim, em Setúbal.
Abel Ferreira disse espera “imensas dificuldades” no reduto do Vitória de Setúbal, domingo, na quinta jornada da I Liga de futebol, mas vincou que o Sporting de Braga só pensa em vencer no Bonfim.
A partida com os sadinos inicia um ciclo exigente dos minhotos, com vários jogos num curto espaço de tempo e para várias competições, campeonato, Liga Europa e Taça da Liga. “Já apanhamos um ciclo desses e a equipa está preparada. Queremos focar todas as nossas forças, competência, espírito competitivo, dinâmica e agressividade no jogo com o Setúbal, equipa que nos merece o máximo de respeito”, disse na conferência de imprensa de antevisão da partida. Segundo Abel Ferreira, o SC Braga “só tem um pensamento” que é “lutar até à última gota de suor para vencer”.
O técnico deixou elogios a José Couceiro, um treinador que admira “pela maneira de ser e estar, que valoriza o espetáculo, os jogadores e o clube onde está”.
“Espera-nos mais um grande desafio, o Vitória de Setúbal tem uma filosofia de jogo muito própria, que valoriza o espetáculo, joga para vencer e vai criar-nos imensas dificuldades”, disse.
O período de transferências ‘levou’ Rui Fonte, Neto, Jordão e Stojiljkovic e ‘trouxe João Carlos Teixeira, André Horta, Erick e Muric e, questionado sobre se o plantel ficou mais forte, Abel Ferreira disse ter “os melhores jogadores e equipa do mundo”.
“Temos soluções internas que nos permitem variar, temos jogadores que fazem várias posições e que permitem que a equipa possa ter determinados comportamentos dentro do próprio jogo”, disse.
Sobre Stojiljkovic, emprestado aos turcos do Kayserispor, disse que foi o avançado a pedir para sair. “É um jogador que queria muito sair, falou comigo, ligou-me mais que uma vez em função da excelente proposta financeira que tinha e entendemos, dada a sua vontade, que era o melhor para todos. Ajudou-nos, mas entendeu sair, contávamos com ele, mas queremos que toda a gente esteja completamente comprometida aqui”, disse, acrescentando que, foi por causa dessa vontade expressa que o sérvio ficou de fora da lista da Liga Europa.
Abel Ferreira considerou ainda que os últimos reforços, nomeadamente, João Carlos Teixeira, André Horta, Erick e Muric visaram trazer “mais qualidade, irreverência e competitividade interna”. “Têm presente e futuro, estão a adaptar-se de forma muito rápida à dinâmica da equipa, do próprio clube e às ideias do treinador”, disse. Marafona, Tiago Pereira, Mauro e Wilson Eduardo continuam lesionados e não podem ainda ser opção para o técnico.
O jogo será arbitrado por Luís Ferreira, da AF Braga.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.