Correio do Minho

Braga, terça-feira

SC Braga: “focados no que temos que fazer”
Município de Vizela dá novo impulso à geminação com Frontignan la Peyrade

SC Braga: “focados no que temos que fazer”

Guimarães alarga sistema PAYT e potencia recolha selectiva

Desporto

2018-08-09 às 06h00

Carlos Costinha Sousa

Abel Ferreira não tem qualquer dúvida de que as dificuldades frente ao Zorya vão ser reais. Para o treinador, o SC Braga vai ter que se aplicar perante um adversário forte, mas para o qual o técnico entende que a sua equipa está preparada.

“Acima de tudo, este é mais um desafio que pretendemos passar”. Foi assim que Abel Ferreira deu o tiro de partida na conferência de imprensa de antevisão do jogo desta noite (21.30 horas locais em Zaporizhia) frente ao FC Zorya Luhansk, da primeira mão da terceira pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga Europa.
O treinador do Sporting Clube de Braga afirmou que a equipa aceitou o desafio de saber que o clube nunca conseguiu ganhar a uma equipa ucraniana, afirmando que o objectivo para este duelo com o Zorya é mesmo esse, conquistar a vitória. E na memória de todos está também a época passada, em que Abel levou os Guerreiros do Minho a vencer, pela primeira vez na história, uma equipa alemã.
“É um desafio e, acima de tudo, o que pretendemos é passar a eliminatória. É um jogo a eliminar, mas esse facto é apenas mais um aliciante extra para nos desafiarmos a nós próprios e o que queremos é passar a eliminatória”, referiu o técnico aludindo à questão de se poder conquistar a primeira vitória sobre uma formação da Ucrânia.
Mas para o treinador, o mais importante é que os jogadores “acreditem no que é o processo, saibam quais são as suas tarefas individuais e as desempenhem em campo e, colectivamente, que compreendam e cumpram o plano de jogo”. Para Abel Ferreira estes são os ingredientes para criar a receita necessária para o SC Braga alcançar esse objectivo traçado de vencer o jogo e a eliminatória.
E sem vacilar na resposta, Abel afirma que a equipa está totalmente focada apenas e só nesta partida e, admitindo que possa haver alguma ansiedade por ser o primeiro jogo oficial da época, disse que gosta que as suas equipas “tenham alguma ansiedade porque é sinal de que querem ir para campo e jogar”. O técnico considerou ainda que todo o plantel está totalmente focado “no que queremos e temos que fazer e vamos fazer tudo até ao fim para pôr em prática o que temos vindo a trabalhar, perante um adversário que nos vai tentar criar as maiores dificuldades. Mas estamos preparados para elas e vamos trabalhar para conseguir os nossos resultados”, finalizou Abel Ferreira.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.