Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Santa Marta de Portuzelo exibe vela votiva como tesouro único
Re-Food Braga angaria alimentos para distribuir em cabazes de Natal

Santa Marta de Portuzelo exibe vela votiva como tesouro único

GNR mobiliza meios de busca por homem de 82 anos em Arcos de Valdevez

Alto Minho

2018-07-16 às 11h00

José Paulo Silva

Álvaro Sales é o guardião da vela votiva de Santa Marta de Portuzelo. O artesão procura quem queira continuar a fabricar um dos símbolos maiores da freguesia.

A freguesia de Santa Marta de Portuzelo volta a celebrar a padroeira em meados do mês de Agosto. Este ano abrilhantada pelo tema ‘Ouro’, a Romaria, das mais emblemáticas do concelho de Viana do Castelo, tem nas mordomas uma das suas expressões mais icónicas, seja pelos trajes, pelo ouro que carregam ao peito e, também, pela vela votiva que erguem nos momentos mais solenes das festividades, este ano centradas nos dias 10, 11 e 12 do mês próximo.
A vela votiva de Santa Marta de Portuzelo, criada na década de 50 do século XX, mantém-se ainda com características únicas e continua a ser replicada, tecida por um único artesão.
Pode-se dizer que Álvaro Fernandes Sales Gomes, filho de Álvaro do Rego Sales Gomes, o criador da famosa vela votiva de Santa Marta de Portuzelo, é um guardião desta jóia de materiais pouco preciosos, reconhecida como atributo obrigatório das mordomas de Portuzelo e como um tributo que as mulheres santamartenses concedem à sua padroeira.
Na pequena oficina que mantém na sua habitação, Álvaro Sales assegura o laborioso trabalho de manter o brilho das velas votivas de Santa Marta criadas pelo progenitor, teimando para que este símbolo da Romaria de Santa Marta de Portuzelo se preserve.

Álvaro Sales confessa-se disponível, ano após ano, à produção das velas votivas, incentivando que outros se iniciem neste labor artesanal.
Tentativas sem sucesso, se exceptuarmos a iniciação que conseguiu do seu filho numa arte que não sendo particularmente complexa exige tempo, paciência e persistência.
“Cada vela demora mais ou menos cinco horas a fazer”, avisa Álvaro Sales, artesão de mãos já rotinadas no manuseamento do papel metalizado, do arame ou do fio ‘trena’, alguns dos frágeis materiais que moldam a vela votiva de Santa Marta.

Álvaro Sales chegou a ser monitor de um curso de vela votiva, mas a formação acabou e ninguém continuou a arte. Talvez porque a peça não é facilmente vendável como produto artesanal, assumindo o seu guardião que só produz as que são requisitadas pela comissão de festas de Santa Marta de Portuzelo, as encomendados pelo Rancho Folclórico da terra ou as pedidas por uma ou outra pessoa da terra que as quer para oferecer.
A dedicação de Álvares Sales à vela votiva de Santa Marta de Portuzelo valeu-lhe, em 2017, o título de Cidadão de Mérito do concelho e Viana do Castelo, atribuído pela Câmara Municipal
Para além das velas votivas, este santamartense produz palmitos, tabuleiros de oferendas, ornamentações de gala e decorações de andores.
Reza a lenda que se as velas votivas se apagassem se desmentia a virgindade das mordomas que as empunhavam, algo que naturalmente já não é levado à letra nos dias de hoje, mantendo-se o orgulho das mulheres de Portuzelo em exibirem, a par do ouro, um dos símbolos da Romaria que conta com vários momentos muito impressivos, com destaque para a procissão de 12 de Agosto, onde a mordoma deste ano, Lúcia Brito, de 24 anos, tem merecido destaque.

No momento mais grandioso da Romaria de Santa Marta de Portuzelo brilham quilos e quilos de ouro ao peito das mulheres da freguesia, mas também a prata rendilhada, que de papel seja, moldada pelas mãos laboriosas de Álvaro Sales. Até que alguém lhe continue a arte.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.