Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Sabores do ‘Terminal Café’ abrem portas a uma viagem deliciosa
"Valorizamos esta prova"

Sabores do ‘Terminal Café’ abrem portas a uma viagem deliciosa

Câmara reduz iluminação pública para poupar na factura energética

Sabores do ‘Terminal Café’ abrem portas  a uma viagem deliciosa

Economia

2022-09-24 às 16h00

Redacção Redacção

Situado numa das zonas mais movimentadas de Braga, na Rua Nova de Santa Cruz junto à Universidade do Minho, o ‘Terminal Café’ surge como uma bela opção de almoço para os estudantes, mas como um local de convívio e confraternização para estrangeiros.

Citação

Desviado do centro da Cidade dos Arcebispos, mas localizado numa das áreas de maior movimento da cidade bracarense, encontramos o Terminal Café. Com um espaço na Rua Nova de Santa Cruz, mesmo junto ao campus de Gualtar da Universidade do Minho, o Terminal Café é um dos estabelecimentos mais procurados por milhares de estudantes à hora de almoço, mas que também atrai um outro tipo clientes ao final do dia.
João Augusto, responsável por este espaço há três anos, reconhece que os estudantes universitários compõem uma boa parte da sua clientela e que, por isso, o Terminal Café aposta em diárias à hora de almoço.
“Durante a hora de almoço, a maior parte dos nossos clientes são estudantes universitários que procuram uma coisa rápida e acessível para almoçar. Por isso, a esta hora, nós apostamos em refeições diárias, que apresentamos com uma grande qualidade e em grande quantidade, tentando manter um preço acessível para as carteiras dos nossos clientes”, reconhece João Augusto.
Contudo, com o avançar da noite e chegar da noite, o Terminal Café deixa de ser procurado por estudantes, dando lugar a um outro tipo de clientela.
“Durante a tarde e à noite, a nossa clientela já é mais variada. A essas já não temos tantos estudantes e começam a surgir vários estrangeiros e trabalhadores que nos procuram. Durante a hora do jantar, servimos diárias, mas temos também uma vasta e variadíssima oferta de sanduíches que são agrado de todos os que nos visitam. O Terminal Café é uma casa que está pronta para receber todos”, garante o responsável João Augusto.
João Augusto também reconhece que pandemia da Covid-19 deu uma ajuda a tornar o espaço mais acessível aos clientes, graças às plataformas online.
“Com a pandemia da Covid-19, nós fomos obrigados a trabalhar mais à base do take-away e das entregas a domicílio. Isso levou-nos a apresentar os nossos produtos em plataformas online essenciais para a restauração, como são o caso da Uber Eats e a Glovo”, explicou o responsável deste espaço.
Para esta edição do ‘Verde Cool’, o ‘Terminal Café’ apresenta uma proposta de “fazer água na boca”. João Augusto dá destaque ao vinho ‘Folclore Branco’ da Adega de Braga, um vinho menos ácido que casa muito bem com o sabor forte do hamburguer de frango panado com cebola caramelizada e queijo. Mas atenção que este não é queijo qualquer: o Terminal Café utiliza um queijo tipicamente espanhol, com um sabor mais distinto e forte, casando-o assim com um vinho mais suave ao paladar.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade
Tudo bons rapazes
Desporto

Tudo bons rapazes

03 Dezembro 2022

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho