Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Sá Pinto: “Manter a dinâmica positiva de vitória”
Três milhões de euros para remodelar Estrada Municipal 582

Sá Pinto: “Manter a dinâmica positiva de vitória”

Miguel Alves: “Estas são obras são o investimento público mais importante da década”

Sá Pinto: “Manter a dinâmica positiva de vitória”

Desporto

2019-12-07 às 06h00

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Sc Braga joga hoje em casa do Desportivo das Aves (20.30 horas), num duelo em que o treinador Ricardo Sá Pinto aponta ao triunfo, apesar de saber que a equipa adversária vai fazer de tudo para tentar somar pontos que podem ser muito preciosos.

Um Sporting Clube de Braga à procura da conquista da terceira vitória. Os Guerreiros do Minho deslocam-se a casa do Desportivo das Aves, actual último classificado da I Liga, num jogo em que querem somar mais três pontos para continuarem a sua subida na tabela classificativa.
Para este duelo, o treinador Ricardo Sá Pinto quer que a equipa mantenha a “dinâmica positiva, de vitória” que tem conseguido granjear nos últimos jogos.
Na última jornada, após o triunfo caseiro sobre o Rio Ave por 2-0, os bracarenses subiram ao sexto lugar, com os mesmos 18 pontos do quinto, o Boavista, e o técnico arsenalista quer vencer o lanterna-vermelha, apesar de saber que o adversário, pela situação aflitiva que tem neste momento, precisa de somar pontos. “Vamos encontrar um adversário que está num momento em que precisa de pontos e de vencer, está numa posição difícil na liga e, apesar de não vencer há algum tempo, os jogos que tem perdido têm sido, maioritariamente, por margens mínimas, e deu sempre imensa luta, como, por exemplo, contra o Moreirense, em que até merecia outro resultado [derrota por 3-2, na última jornada]”.
Por isso, para Ricardo Sá Pinto a receita para conquistar a vitória passa por a equipa bracarense se manter “concentrada e atenta” e encarar o jogo de forma “muito séria”. “Estamos preparados para encontrar um Aves, ou com um bloco baixo e a sair em transição, ou que, em casa, pode até ser mais audaz e querer ter uma atitude diferente desde o início do jogo, apesar de sabermos que o Nuno [Manta Santos, treinador do Aves], sempre que jogou contra nós, manteve uma estratégia maioritariamente defensiva e à espera de um erro nosso”, notou.
O Desportivo das Aves é a pior defesa do campeonato, mas há várias equipas com menos golos marcados, sinal de que a equipa avense “pode conceder defensivamente, mas é audaz ofensivamente”. “Têm jogadores que podem desequilibrar na frente, rápidos nos corredores, um bom avançado, jogadores no meio- -campo muito interessantes. Individualmente, os jogadores têm muita qualidade”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.