Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Sá de Miranda e ESCA no concurso intermunicipal
Ataques desafinados, má fortuna e sol ardente ditaram nulo entre Dumiense e Brito

Sá de Miranda e ESCA no concurso intermunicipal

Triformis Técnica está de portas abertas à comunidade

Sá de Miranda  e ESCA no concurso intermunicipal

Ensino

2019-05-17 às 10h00

Redacção Redacção

BLCS acolheu, ontem, a final do concurso municipal da 2.ª edição do projecto ‘UP Cávado: Empreendedorismo nas Escolas’. Venceram projectos da ESCA e da Sá de Miranda.

‘Viagem no Tempo’, da Escola Secundária Carlos Amarante, e ‘MultiPro’, da Escola Secundária Sá de Miranda, foram os projectos escolhidos para representar Braga no concurso intermu- nicipal do projecto ‘UP Cávado: Empreendedorismo nas Escolas’, que irá decorrer a 7 de Junho, em Amares. A sessão concelhio decorreu ontem, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.
Neste concurso foram apresentados 12 projectos que envolveram 42 alunos do secundário e do ensino profissional em torno de uma iniciativa que tem como objectivo promover uma cultura empreendedora, a pró actividade, a cooperação e criatividade junto das comunidades educativas, permitindo aos jovens em idade escolar o desenvolvimento de projectos empreendedores.
Trata-se de um projecto que resulta da parceria entre a CIM do Cávado e o Município de Braga, resultando num programa de educação e sensibilização para o empreendedorismo, destinado aos alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário regular e profissional. “Esta é uma oportunidade para os alunos envolvidos estimularem uma cultura empreendedora, exercitando a capacidade de desenvolver projectos e promover a aquisição de conhecimento, fortalecendo uma identidade regional de pertença para com o território”, refere Lídia Dias, vereadora da Educação, sublinhando que “para ser empreendedor não basta apenas ter uma boa ideia e querer transformá-la numa empresa sem antes trabalhar e estudar muito”.
“Conhecer o que se quer é o primeiro passo de um longo caminho e o projecto ‘UP Cávado’ permite aos nossos alunos a aquisição de competências que, mais tarde, lhes permitirão tomar decisões profissionais mais conscientes e ponderadas”, salienta a vereadora.
O ‘UP Cávado’ encontra-se a ser desenvolvido nos seis municípios e agrupamentos de escola, escolas não agrupadas e escolas de ensino profissional da NUT III do Cávado, reunindo um total de 28 escolas, cerca de 1600 alunos e 65 professores, de um universo de 65 turmas, 32 do 3.º ciclo do ensino básico e 33 do ensino secundário e profissional.
Braga tem 8 Agrupamentos de Escola e a Escola Profissional de Braga a participar no projecto, envolvendo um total 26 turmas, 21 Professores e 596 alunos.
O programa contempla ao longo do ano lectivo o desenvolvimento de oficinas de formação creditadas pelo Ministério da Educação para os professores envolvidos, sessões de acompanhamento e de preparação dos alunos em contexto educativo, culminando com um conjunto de eventos finais organizados por nível de ensino e escala territorial.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.