Correio do Minho

Braga, terça-feira

Restaurante Diana: Comer o melhor da cozinha tradicional numa sala com decoração internacional
PJ deteve suspeito de esfaquear ontem dois homens em Guimarães

Restaurante Diana: Comer o melhor da cozinha tradicional numa sala com decoração internacional

Tribunal da Relação de Guimarães condena juiz por crime de violência doméstica

Economia

2018-04-13 às 11h27

Redacção

É no centro histórico que encontrámos o restaurante Diana, um espaço com decoração requintado mas onde pode provar o melhor da gastronomia portuguesa apresentado pelo chef Fernando Caridade, proprietário do restaurante.

Situado na zona histórica da cidade, Diana é um restaurante de ambiente elegante, sofisticado e confortável. A sala está decorada com mobiliário confortável e tem as condições para usufruir de uma refeição numa atmosfera de charme e bem-estar.
Toda a decoração é requintada, branca e cheia de luz, convidando a ficar. O tecto está decorado como verdadeiras obras de arte pintadas que versam sobre a Capela Sistina, no Vaticano. As paredes estão emolduradas com camisolas de vários clubes portugueses e estrangeiros. Todas estão assinadas por jogadores portugueses de renome que jogam em grandes clubes e que eram visita regular do restaurante que Fernando Caridade, proprietário do Diana, tinha em Londres, denominado O Moinho.

No Diana, tudo o que sai da cozinha e detrás do balcão tem a mão do chef Fernando Caridade, enquanto que na sala ressalta a simpatia da esposa Irene.
Entre os pratos mais característicos destaque para o Bacalhau à Diana, Bacalhau à Lagareiro ou à Casa, o Polvo à Lagareiro à moda do Chefe ou espetada de polvo e camarão no que diz respeito aos peixes.
Em termos de carne, pode degustar o Bife à Diana e/ou à Portuguesa, Bife à Pimenta, Bife com Milho de Wisky e Cogumelos, Cabrito Assado com grelos Salteados e Batata Dourada, Mi gret de Pato com puré de abóbora e cogumelos, Costeletão de Vitela do Barroso.

Como sobremesa, as escolhas recaem também sobre as principais iguarias da cozinha regional, como o Pudim Abade de Priscos, Pudim Caseiro, assim como propostas mais arrojadas como a Panacotta, Fondant de Abóbora com gelado de Baunilha, Queijo de Cabra frito com Doce de Abóbora ou Tiramissu à Diana.
Apostamos nos produtos de qualidade, assim como na qualidade dos serviços, diz-nos Fernando Caridade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.