Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Requalificação da secundária de Maximinos “é um instrumento de coesão territorial”
Carvalhal: “se pensava ter mais pontos nesta altura? pensava...”

Requalificação da secundária de Maximinos “é um instrumento de coesão territorial”

Experiência, juventude e conhecimento são a aposta da TractorMinho Lda

Requalificação da secundária de Maximinos “é um instrumento de coesão territorial”

Braga

2021-04-15 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Intervenção permitiu, segundo o presidente da câmara, garantir aos alunos desta zona do concelho o acesso às mesmas condições de ensino que já existem noutros estabelecimentos intervencionados pela Parque Escolar.

Dois milhões e 800 mil euros (mais IVA) foi o valor investido nas obras de requalificação da Escola Secundária de Maximinos, cuja primeira fase está já concluída. No total do bolo financeiro, mais de 60 por cento resulta de fundos comunitários, sendo que o restante saiu directamente dos cofres da autarquia bracarense que procura, desta forma, proporcionar aos alunos que frequentam este estabelecimento de ensino condições de equidade ao nível da qualidade de ensino. Recorde-se que a secundária de Maximinos foi a única escola deste nível de ensino do concelho que ficou de fora do processo de requalificação da Parque Escolar que requalificou as secundárias Carlos Amarante, Alberto Sampaio, D. Maria II, Sá de Miranda e a EB 2,3 André Soares.
“Este é um verdadeiro instrumento de coesão territorial. O que estamos a garantir é que nesta franja do nosso concelho os alunos tenham exactamente a as mesmas condições de acesso a um ensino de qualidade que existe em locais onde já foram feitas intervenções no passado”, revelou ontem presidente da Câmara Municipal de Braga, durante uma visita às obras de requalificação da secundária.
“Se nos últimos anos se valorizou a componente humana, o trabalho extraordinário de toda a equipa desta escola, agora estamos a muni-los das condições físicas para que esse trabalho possa ser ainda mais potenciado, quer aquilo que é a formação tradicional, quer também as dinâmicas que este agrupamento tem conseguido desenvolver”, continuou Ricardo Rio, referindo-se, por exemplo, ao Ensino Articulado da Música e da Dança.
O autarca bracarense assumiu que secundária de Maximinos se encontrava num processo de degradação avançado, fruto de quase 40 anos de actividade. “Qualificámos todas as zonas de funcionamento da escola, criámos algumas valências de uma forma mais qualificada”, explicou Ricardo Rio, admitindo que “estamos hoje perante um equipamento que não deslustra face àquilo que é a realidade no concelho, principalmente num contexto como o que vivemos hoje em que o município tem apostado fortemente na qualificação dos equipamentos escolares”.
Além de maior conforto térmico e restruturação dos espaços, as obras trouxeram melhorias ao nível de som (dada a proximidade à via rápida). “Estas obras tornaram a escola mais atractiva)”, confessa o director do Agrupamento de Maximinos. Paulo Antunes diz que esta era uma obra “necessária” e que os habitantes das freguesias que circundam o estabelecimento “já mereciam”.
Além de qualificar, as obras permitiram também restruturar alguns espaços interiores e organizar algumas ofertas que a escola disponibiliza aos alunos, momo é o caso da artes. “Temos agora um bloco da artes totalmente dedicdo à música e dança.
A Educação?Especial beneficia também de mais cinco salas, devidamente equipadas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho