Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Regresso dos adeptos ao estádio “ainda esta temporada”
Unidos pelo coração e pelo amor à arte

Regresso dos adeptos ao estádio “ainda esta temporada”

Máscaras e vestuário hospitalar dão a volta ao mundo têxtil

Regresso dos adeptos ao estádio “ainda esta temporada”

Desporto

2020-06-02 às 06h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

António Salvador apela à responsabilidade social dos adeptos para que os jogos voltem a ter público a curto prazo. Presidente do SC Braga fala em “imenso desafio colectivo” e “batalha tremenda”.

Ainda esta temporada, o público poderá voltar ao Estádio Municipal de Braga. A convicção foi deixada, ontem, pelo presidente do SC Braga, António Salvador, numa mensagem em vésperas da retoma do campeonato nacional da I Liga, após a paragem forçada de dois meses e meio por força da pandemia de Covid-19. O dirigente bracarense diz estar “convicto” de que os jogos vão voltar a ter público a curto prazo e deixa o apelo aos adeptos arsenalistas.
“Ciente do valor do muito que já foi feito, deixo uma conclusão em jeito de objectivo: ganhar, nesta altura, não é só marcar mais um golo do que o adversário. Ganhar é demonstrar a todo o país que o futebol tem agentes e adeptos com responsabilidade social”, resumiu Salvador, deixando claro que “só assim podemos alcançar a outra vitória pela qual lutamos: o regresso dos adeptos aos estádios”.

“Estou convicto, e por isso defino esta meta em nome de todo o grupo de trabalho e em nome do SC Braga, de que voltaremos a ter o nosso público no estádio ainda no que resta desta temporada. A par dos objectivos desportivos, que são muito claros e que vamos perseguir com todas as nossas forças, é essa a grande ambição que me move e que muito lutarei para concretizar”, sublinhou o presidente, apelando aos sócios e adeptos para aquele que diz ser “o jogo mais importante” e “para que possamos estar juntos tão depressa quanto possível”.

António Salvador classifica a difícil e inesperada fase ao longo dos últimos três meses “um imenso desafio colectivo que implicou perdas e cedências”, numa “batalha tremenda” que exige “uma mensagem de grande responsabilidade” e “um compromisso e uma resiliência inquebrantáveis”.
O presidente arsenalista lembra ainda “os tempos conturbados e com sinais inquietantes transmitidos pelo modelo governativo do nosso campeonato, revelando fragilidades que o SC Braga tem denunciado ao longo dos últimos anos, de forma independente e atendendo unicamente à urgência de fazer evoluir o futebol nacional”.

“Seremos, como sempre fomos, intransigentes na defesa das nossas posições, sem lóbis e sem alinhamentos que não sejam apenas e só a defesa do SC Braga”, frisou.
Confessando a “grande satisfação” pelo regresso da competição da I Liga, Salvador enaltece “a importância que este regresso tem para o sector, para a sociedade e para o país”.

Reconhecendo e enaltecendo o comportamento dos sócios e adeptos do SC Braga - “têm sido exemplares” -, o presidente diz estar “certo de que voltarão a estar à altura do momento nesta retoma, compreendendo que viver e sentir este emblema exige, por agora, um distanciamento que é doloroso, mas que será tão mais célere quanto mais rigorosa for a conduta de cada um de nós”.
Reforçando a ideia de responsabilidade social, a mensagem que deixa aos sócios e adeptos “é que podem estar certos de que os jogadores, em campo, serão dignos do vosso apoio e do vosso entusiasmo”, apesar de admitir que o vazio nas bancadas “será uma contrariedade para o grupo”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho