Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Regresso da I Liga já fez ‘estragos’ em Gil e ‘Fama’
Famalicão serve descontos como ‘petisco’ para levar mais clientes aos restaurantes

Regresso da I Liga já fez ‘estragos’ em Gil e ‘Fama’

Unidos pelo coração e pelo amor à arte

Regresso da I Liga já fez ‘estragos’ em Gil e ‘Fama’

Desporto

2020-06-05 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Depois do triunfo sobre o FC Porto, o Famalicão apresentará, em Barcelos, na 26.ª ronda, uma linha defensiva renovada. Gil terá de mexer no miolo.

Com resultados distintos e, necessariamente, estados de espírito, também eles, diferentes, Gil Vicente e Famalicão já fizeram as contas aos estragos provocados pelo regresso do futebol.
Na próxima jornada da I Liga, as duas equipas defrontam-se em Barcelos para aquele que será o dérbi minhoto da 26.ª ronda, com a certeza antecipada de que os dois técnicos não poderão apresentar os mesmos onze que defrontaram FC Porto, no caso do Famalicão, e Portimonense, no caso do Gil Vicente.

Começando pela turma orientada por João Pedro Sousa, não obstante o reforço anímico de uma vitória sobre o até então líder do campeonato, o técnico famalicense viu duas peças fulcrais do sector defensivo serem admoestadas com a quinta cartolina amarela: o central, de 19 anos, Néhuen Pérez (emprestado pelo Atlético de Madrid), internacional sub-23 pela selecção da Argentina, que esta época já participou em 20 jogos e apontou um golo; e o lateral-esquerdo Álex Centelles, de 20 anos, emprestado pelo Valência, que já foi utilizado em 22 jogos na presente temporada.

Para fazer parelha com Roderick no centro da defesa, Patrick William perfila-se como a mais provável opção, já para o lugar de Centelles, João Pedro Sousa poderá ser obrigado a alguma adaptação, isto porque a alternativa natural, Racine Coly, ainda não é opção para esta partida, pelo que o central Riccieli poderá ser desviado.
Também no meio-campo a expectativa cresce para se perceber se Gustavo Assunção já estará recuperado, ele que falhou o desafio com os dragões por lesão.
No Gil Vicente, Claude Gonçalves também cumpriu uma série de cinco amarelos e deverá ser rendido no onze por Vítor Carvalho ou, em último caso, pelo brasileiro João Afonso.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho