Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Regadio abre caminho a agricultura sustentável e inovadora
SC Braga: Emprestados de regresso para serem analisados à lupa por Carvalhal

Regadio abre caminho a agricultura sustentável e inovadora

Município de Braga em ‘acção’ europeia pelo clima

Regadio abre caminho a agricultura sustentável e inovadora

Cávado

2019-12-14 às 06h00

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

Consignação da estação elevatória de Cabanelas marca mais uma etapa do sistema de regadio que abre espaço a uma agricultura sustentável e competitiva numa veiga de excelência em Vila Verde.

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, desafiou ontem, em Cabanelas, concelho de Vila Verde, os agricultores a organizarem-se pelo desenvolvimento de um modelo de agricultura competitivo e sustentável.
A governante falava na cerimónia de consignação da obra de construção da estação elevatória de Cabanelas integrada no projecto de regadio em que participaram ainda o secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, o presidente da Junta de Freguesia de Cabanelas, o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, representantes de organismos desconcentrados do Estado e deputados à Assembleia da República eleitos pelo distrito.
Maria do Céu Albuquerque realçou que “é fundamental continuar o emparcelamento” e ter sub-sectores bem organizados, lembrando que o acesso a financiamento no âmbito da política agrícola comum (PAC) exige produtores organizados.

Em relação ao regadio, “precisamos de uma Associação de Regantes forte e que consiga mobilizar todos para aderir a este grande investimento” apelou a ministra da Agricultura, apontando que, com estes investimentos, o Governo está a dar os instrumentos.
A estratégia indicada pela governante é no sentido da “valorização das culturas tradicionais que respeitem o uso da água e do solo, mas que possam acrescentar valor à economia”.

A par da sustentabilidade ambiental, o grande desafio da agricultura é continuar a exportar e aumentar o equilíbrio na balança comercial.
“A agricultura quer-se sustentável, mas também mais competitiva e inovadora” reforça Maria do Céu Albuquerque admite que a “eficiência hídrica da agricultura é uma das metas mais importantes para o futuro imediato” e que o regadio “é uma ferramenta absolutamente fundamental” no reforço da sustentabilidade, mas também no desenvolvimento sócio-económico de cada região.

Criadas condições para novo impulso agrícola

O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, regozijou-se, ontem, com a consignação da construção da estação elevatória de Cabanelas, assumindo que “é uma obra esperada e desejada há muitos anos pelos agricultores”.
O edil vilaverdense acredita que “estão criadas as condições para desenvolver esta veiga para que possa nascer um novo espaço de desenvolvimento agrícola em Vila Verde”.
António Vilela destacou o empreendedorismo que coloca Vila Verde entre os concelhos que mais jovens cativou para a agricultura e com mais projectos agrícolas aprovados e evidenciou as medidas adoptadas pelo município para favorecer este crescimento.
O autarca de Vila Verde reafirmou a necessidade de uma alternativa à Estrada Nacional 101, cuja falta está a condicionar o potencial de desenvolvimento que existe no norte do concelho.

Agricultores devem avançar com novas culturas

O presidente da Junta de Freguesia de Cabanelas, António Esquível, vê na obra ontem consignada “um momento de viragem, de encontrar soluções para resolver problemas”.
António Esquível também apelou ao empenho dos agricultores, acreditando que “haverá uma nova vida na agricultura”, e abriu a porta a novos investidores e a novas culturas “para viabilizar um projecto como este”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho