Correio do Minho

Braga, terça-feira

Rede de trilhos com 90 Km vence Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira
Goleada história ao eterno rival embala esperença europeia

Rede de trilhos com 90 Km vence Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira

Investigadores conseguem sondar átomo magnético

Alto Minho

2018-01-16 às 06h00

Redacção

A criação de uma Rede Municipal de Trilhos Pedestres foi a proposta mais votada na III edição do Orçamento Participativo (OP) de Vila Nova de Cerveira.

A criação de uma Rede Municipal de Trilhos Pedestres foi a proposta mais votada na III edição do Orçamento Participativo (OP) de Vila Nova de Cerveira. O projecto visa a sinalização de nove percursos circulares das freguesias mais do interior do concelho que, interligados fisicamente e numa futura aplicação móvel, constituem a Grande Rota do Cervo com cerca de 90km.
Em comunicado, o Município de Vila Nova de Cerveira refere que a adesão ao Orçamento Participativo foi muito significativa, com um total de 1570 registos, correspondente a cerca de 17% da população do concelho .
A autarquia pretende, desta forma, adequar as políticas públicas municipais às necessidades e expectativas da comunidade, favorecendo a participação como instrumento de modernização da administração.
Terminado o prazo para votação este sábado, e entre as cinco ideias apresentadas, a Grande Rota do Cervo foi a proposta que suscitou um maior interesse por parte dos cerveirenses (54,14%).

Com uma dotação orçamental de 90 mil euros, o objectivo do projecto vencedor é dotar os nove trilhos pedestres existentes nas freguesias mais de interior de um conjunto de equipamentos de apoio ao pedestrianista permitindo, por um lado, uma maior segurança e orientação, e por outro lado, constituindo-se como uma mais-valia para o turismo cultural, ambiental, histórico e religioso, mas sobretudo para o turismo de natureza, assumindo uma importante função de promoção e de animação rural.

Para além de ser devidamente marcada e sinalizada para ser usufruída com ou sem guia, esta Rede Municipal de Percursos Pedestres vai estar disponibilizada numa aplicação para smartphones e equipamentos informáticos, que permitirá ao utilizador recolher informação sobre os traçados, percorrer de forma orientada, partilhar nas redes sociais, ter acesso a informação histórica sobre os vários pontos de interesse e contactos úteis.
A 3.ª edição do OP contou com cinco projectos apresentados, tendo ficado em segundo lugar, com 29,56%, a proposta Associações em Movimento; seguiu-se a criação de um Circuito Autocross que acolheu 11,29% dos votos; em quarto lugar, ficou a construção de um Parque Infantil para Todos com 2,56%; e ainda a construção de um parque lúdico para contacto entre a população e a Associação Patas e Patas que arrecadou 2,42%.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.