Correio do Minho

Braga, sábado

- +
RECOVERY IPSS aceite como Membro Eleitor na Federação Mundial para a Saúde Mental
Câmara Municipal desinfeta e limpa contentores, ecopontos e viaturas de recolha de lixo

RECOVERY IPSS aceite como Membro Eleitor na Federação Mundial para a Saúde Mental

Jovens vieirenses prontos para vigiar floresta

RECOVERY IPSS aceite como Membro Eleitor na Federação Mundial para a Saúde Mental

Cávado

2020-04-03 às 18h12

Redacção Redacção

Esta entrada foi aprovada pelo Conselho de Diretores da referida Federação, após convite de formalização de candidatura endereçado a Miguel Durães, Presidente da Direção da RECOVERY IPSS, pela atual Presidente do Comité Executivo, Ingrid Daniels, que esteve presente, no início de dezembro passado, no I Congresso RECOVERY Portugal 2019, presidido pela Ministra da Saúde, Marta Temido.

O dia 03 de março de 2020 (documento anexo) ficará marcado para sempre na história da Associação RECOVERY IPSS, pois assinala o momento oficial da entrada desta IPSS barcelense, como Membro Eleitor, naquela que é considerada a maior organização representativa na área da Saúde Mental a nível mundial, a Federação Mundial para a Saúde Mental.


Esta entrada foi aprovada pelo Conselho de Diretores da referida Federação, após convite de formalização de candidatura endereçado a Miguel Durães, Presidente da Direção da RECOVERY IPSS, pela atual Presidente do Comité Executivo, Ingrid Daniels, que esteve presente, no início de dezembro passado, no I Congresso RECOVERY Portugal 2019, presidido pela Ministra da Saúde, Marta Temido.


A Federação Mundial para a Saúde Mental é uma organização internacional, fundada em 1948 para promover, entre todos os povos e nações, a prevenção de distúrbios mentais e emocionais, o tratamento e cuidados adequados das pessoas com esses transtornos e a promoção da saúde mental, tendo como missão “promover o avanço da consciencialização em Saúde Mental, prevenção de transtornos mentais, advocacia e intervenções focadas na recuperação de melhores práticas em todo o mundo”, conforme se pode ler na sua página oficial (https://wfmh.global/).


Já a RECOVERY IPSS, que terá o estatuto de Membro Eleitor – o mais alto de entre os membros e único a necessitar de aprovação pela Direção, tornando-se parte da sua organização corporativa, havendo, ainda, os Afiliados e os Individuais – é uma Instituição Particular de Solidariedade Social Sem Fins Lucrativos, fundada em 2004, que tem como missão “Promover ativamente o Recovery de pessoas portadoras de doença mental e dos seus cuidadores, formais e informais, por via da metodologia «Gerar Percursos na Sociedade – Barcelos XXI», contribuindo para a validação do modelo clinico-comunitário em Portugal”, como se lê na página oficial (http://recovery.pt/). Ao longo da sua história, já conquistou prémios ou foi reconhecida no seu trabalho com pessoas com doença mental grave e seus familiares/cuidadores informais, pela Direção-Geral da Segurança Social (2007 e 2008), pelo Alto Comissariado da Saúde do Ministério da Saúde (2010), com o Prémio Manuel António da Mota (2017), Prémio Fidelidade Comunidade (2017), Prémio BPI Solidário/Fundação la Caixa (2018) e Prémio Cinco Estrelas Regiões – Braga (2019).


Para Miguel Durães, este momento “representa um enorme reconhecimento por parte daquela que é a maior autoridade na Saúde Mental a nível mundial. Um reconhecimento com um valor intangível, aliás, incalculável. A nível institucional, apesar de já estarmos, muitas vezes, em serviço a nível internacional, é a entrada no mais alto grau possível desta organização mundial, com ligações ao mundo inteiro e a entidades como a Organização Mundial de Saúde (OMS) ou a Organização das Nações Unidas (ONU), onde, por exemplo, existem cargos representativos e consultivos para a definição de políticas de Saúde. Para aqueles que connosco trabalham, assim como, para os nossos beneficiários, é a abertura de uma janela plena de oportunidades para continuarem a concretizar as mudanças necessárias nesta área e neste mundo, muitas vezes, tão difícil e exigente, e para continuarem, assim o desejo, a serem os melhores entre os melhores. A nível pessoal, não vou esconder, é a concretização de um sonho de menino, cuja responsabilidade que me é agora atribuída, será gerida como sempre fiz até ao momento, em todos os organismos de que faço parte integrante, com muita humildade, dedicação, espírito de missão e responsabilidade. A RECOVERY, Barcelos, Portugal, fará a sua voz ser ouvida e continuará a estabelecer as pontes e as âncoras com outras entidades integrantes desta organização emblemática e representativa do mais alto patamar mundial na Saúde Mental e isso é algo que nos motiva e orgulha a todos».


Já a Presidente da Federação Mundial para a Saúde Mental, Ingrid Daniels, salienta que “é, realmente, uma grande honra anunciar que o Conselho de Diretores da Federação Mundial para a Saúde Mental aprovou, e aceitou, a RECOVERY IPSS (Portugal) e o Dr. Miguel Durães, como delegado nomeado pela Direção da RECOVERY IPSS, como membro eleitor desta prestigiada organização internacional de saúde mental, fundada em 1948”, não deixando de se referir ao momento atual de pandemia que se vive no Mundo inteiro: “Agora, mais do que nunca, a afiliação da RECOVERY IPSS é de importância crítica, pois procuramos soluções duradouras, ao nível de países e em todo o mundo, para abordar as consequências médicas e de Saúde Mental da COVID-19”.


Voltando à IPSS em apreço, refere que “a RECOVERY IPSS tem sido uma organização líder na Saúde Mental, que tem deixado uma grande marca em intervenções desse âmbito, centradas na pessoa orientada para o recovery, em Portugal e, portanto, será um importante interveniente para nos ajudar a moldar o apoio e intervenções psicossociais durante e após a COVID -19, em indivíduos e comunidades durante esta emergência de saúde global”, deixando “os nossos melhores votos para o Dr. Miguel Durães, Presidente da Direção da RECOVERY IPSS, sua Direção, Colaboradores e todos os beneficiários, pois eles continuam responsivos e comprometidos com a Saúde Mental de todos.”»

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho