Correio do Minho

Braga,

- +
Reabilitação da Escola Básica e Secundária de Pardes de Coura custou 500 mil euros
Covid-19 coloca 24 turmas do concelho em isolamento

Reabilitação da Escola Básica e Secundária de Pardes de Coura custou 500 mil euros

Pandemia filtrou visitantes da BragaNoivos

Reabilitação da Escola Básica e Secundária de Pardes de Coura custou 500 mil euros

Alto Minho

2020-09-18 às 09h17

Redacção Redacção

Trabalhos incidiram sobre o campo de futebol, a pista de atletismo e na cobertura de espaços exteriores da Escola Básica e Secundária.

Cerca de 500 mil euros foi quanto a custou a reabilitação dos espaços desportivos da Escola Básica e Secundária.
Os trabalhos incidiram essencialmente na renovação do Campo de Futebol e da pista de atletismo. A verba foi suportada, em partes iguais, pela Câmara Municipal de Paredes de Coura e pelo Ministério da Educação.
“Este era um projecto muito acarinhado pela edilidade, que não poupou esforços para garantir aos alunos o conforto e as condições necessárias para a prática desportiva”, explicou o presidente da Câmara de Paredes de Coura, Vitor Paulo Pereira.

O autarca courense reconheceu o esforço financeiro do município para dotar a comunidade educativa deste importante equipamento: “Nunca perdemos a perspectiva da racionalidade económica dos investimentos, mas os alunos sempre foram a nossa prioridade e, por isso, as famílias que escolhem Paredes de Coura para viver podem contar com instalações escolares dignas e à altura do que os courenses merecem”.
O Campo de Futebol recebeu relva sintética, balizas para Futebol de 7, novos sistemas de rega e iluminação. Estes melhoramentos juntaram-se à requalificação da escola, que custou mais de 2,5 milhões de euros. O recinto escolar foi, também melhorado, com a colocação de uma cobertura no recreio.

Tendo em conta a situação do Covid-19, a Escola Básica e Secundária de Paredes de Coura foi dotada de sinalética de segurança, de material de protecção como dispensadores de desinfetante, tapetes e máquinas de desinfecção dos espaços e com câmaras web para a eventualidade de acompanhamento temporário de aulas à distância. O autarca courense destacou que o “objectivo é que o regresso à escola decorra com segurança e tranquilidade, o que implica um reforço do trabalho de coordenação entre as diversas instituições envolvidas e, sobretudo, entre as escolas e a família”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho