Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Rúben Furtado e uma eventual chamada de Daniel Sousa: “pernas não tremeriam”
Celorico de Basto com 4,1 ME para melhorar vias municipais

Rúben Furtado e uma eventual chamada de Daniel Sousa: “pernas não tremeriam”

Cortejo Sanjoanino cativa multidão

Rúben Furtado e uma eventual chamada de Daniel Sousa: “pernas não tremeriam”

Desporto

2024-05-27 às 10h14

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Extremo de 18 anos foi uma das figuras da equipa de juniores que se sagrou campeã nacional. Há um ano no SC Braga, mostra-se surpreendido pela grandeza que encontrou. Chegada à equipa A é meta estabelecida desde o primeiro minuto.

Citação

Em Julho era anunciado como reforço do SC Braga, que o ‘roubou’ ao rival Vitória SC, então com 17 anos, assinando aí um contrato válido por três temporadas, até 2026.
De resto, a primeira época como guerreiro tratou de confirmar as expectativas criadas sobre Rúben Furtado, virtuoso extremo que se assumiu como uma das prinicpais figuras da equipa de juniores que se sagrou campeã nacional, assinando 14 golos, mais dois na Youth League.

Recentemente bisou no empate a três com o FC Porto, em Gaia, no jogo que confirmou matematicamente a conquista de um título que, para Rúben Furtado, é fruto “da união do grupo, da equipa técnica e dos jogadores, bem como de todo o staff”, para além do “acreditar que era possível”.
“Toda a gente sabe da grandeza do clube e eu não sou diferente, Toda a gente por dentro do futebol sabe o que é o SC Braga e que o representa o SC Braga. Eu vim para cá com isso na cabeça e, quando cá cheguei, ainda me surpreendi mais com tudo. Desde treinadores a elementos da direcção, passando por um simples senhor que trabalha na cafeteria ou na senhora da recepção. Tudo impecável e tudo isso ajuda a que estes feitos sejam possíveis de alcançar”, disse aos meios de comunicação social, após a cerimónia de entrega da taça de campeão, no passado sábado. Já sobre uma eventual chamada de Daniel Sousa para trabalhar com a equipa principal, Rúben diz que estaria pronto.

“Há sempre algum nervosismo por treinarmos com gente grande, que já tem muitos anos disto. Exemplos como o do João [Moutinho], que é o que toda a gente dá. Mas as pernas não tremiam porque é isso que ambiciono desde o primeiro dia em que cheguei ao SC Braga e ficaria contente.”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho